GAYCATION: A Viagem De Ellen Page Pelo Mundo Queer

O primeiro episódio de “GAYCATION“, um dos novos programas do Vice na sua rede de televisão Viceland, estreou esta semana. O projeto que segue a actriz Ellen Page – escrevemos sobre ela aqui – e o seu melhor amigo Ian Daniel numa viagem ao mundo, uma viagem queer.

“GAYCATION” permitirá aos telespectadores seguir Ellen e Ian enquanto visitam locais tão variados como o Brasil, Jamaica e Estados Unidos para aprenderem mais sobre a vida gay e a sua cultura em todo o mundo.

Neste primeiro episódio, vemos os dois amigos no Japão, onde o casamento entre pessoas do mesmo sexo ainda é ilegal e as pessoas LGBTQ ainda são estigmatizadas pela sociedade nipónica. Eles descobrem também os casamentos por conveniência que existem no país e são celebrados num templo budista, casamentos esses que existem para esconder a orientação sexual de um dos elementos (geralmente o homem). Entre tudo isso e a conversa com Kanako Otsuji – a primeira mulher lésbica assumida eleita para um cargo político no Japão – Ellen e Ian encontram também o mais pequeno bar gay do mundo.

Apesar de toda a exuberância cultural e social que existe no Japão, existe também uma cultura de vergonha, mas “algumas cidades começaram a reconhecer as parcerias entre pessoas do mesmo sexo e a comunidade LGBT continua a prosperar na cultura vibrante do país e na sua vida nocturna“. Ellen e Ian descobrem o que é realmente ser-se LGBT no Japão e conhecem neste primeiro episódio da série algumas das pessoas que lutam para encontrar a sua voz num país que se recusa a dar-lhes direitos iguais perante a lei.

Vejam:

 

Fonte: Huffington Post.

 

Por Pedro Carreira

Ativista pelos Direitos Humanos na ILGA Portugal e na esQrever. Opinião expressa a título individual. Instagram/Twitter/TikTok: @pedrojdoc

3 comentários

    1. Pedro Carreira – Portugal – Ativista pelos Direitos Humanos na ILGA Portugal e na esQrever. Opinião expressa a título individual. Instagram/Twitter/TikTok: @pedrojdoc
      pedro_jose diz:

      Cá ainda estamos a léguas nesse campo, há que melhorar! Obrigado pelas palavras, um abraço!

Deixa uma resposta Cancel reply

Exit mobile version
%%footer%%