Kurt Cobain e as citações de um aliado LGBTI

Kurt Cobain e as citações de um aliado LGBTI

O mundo perdeu Kurt Cobain a 5 de abril de 1994, com apenas 27 anos. Mas tamanha tragédia aconteceu sem que antes o vocalista, autor e guitarrista da banda de culto Nirvana se ter afirmado como um dos maiores aliados pela defesa das pessoas LGBTI na altura e no mundo do rock.

Num dos seus diários, Kurt Cobain escreveu: “Não sou gay, embora desejasse que o fosse só para chatear os homofóbicos”. Mas muito antes da conversa em volta desta temática se ter tornado ampla anos mais tarde, ficaram registadas várias tomadas de posição de Cobain sobre a liberdade e a sexualidade das pessoas.

Citações de um aliado LGBTI Feminista

Costumava fingir que era gay só para gozar com as pessoas. Eu já tinha a reputação de ser homossexual desde os meus 14 anos. Foi muito bom, porque encontrei um casal de amigos gays em Aberdeen [terra-natal de Kurt Cobain], tive alguns bons amigos assim. Fui agredido pela minha associação a eles.


As pessoas simplesmente pensavam que eu era estranho à primeira vista, um rapaz problemático. Mas quando me começaram a ver como sendo gay, tal deu-me a liberdade de ser para elas uma aberração e deviam manter-se longe de mim. No entanto, esta faceta deu para viver algumas experiências assustadoras no regresso da escola…

Família homofóbica

Eu até pensei que era gay. Achei que poderia ser a solução para o meu problema. Embora eu nunca tenha experimentado, eu tinha um amigo gay. Mas a minha mãe não me permitiu continuar amigo dele porque, bem, porque ela é homofóbica. Foi realmente devastador, pois finalmente tinha encontrado um amigo que eu realmente abracei e fui carinhoso e nós conversávamos sobre muitas coisas.

Sempre quis amigos rapazes com quem pudesse ser realmente íntimo e falar sobre coisas importantes e ser tão carinhoso com essa pessoa como seria com uma rapariga. Ao longo da minha vida sempre fui muito próximo das raparigas e fiz amizades com elas. Fui um rapaz feminino, julguei por isso que fosse gay, porque eu não achava nenhuma das raparigas da minha escola atraente.

Como eu não conseguia encontrar nenhum amigo homem com quem me sentisse compatível, acabei por sair muito com raparigas. E sempre senti que elas não eram tratadas com respeito, especialmente porque as mulheres são totalmente oprimidas. As expressões “b*tch” e “c*nt” eram totalmente comuns. Embora ouvisse Aerosmith e Led Zeppelin, e realmente gostasse de algumas das melodias que escreveram, levei muitos anos para perceber que muitas das suas canções eram sexistas.


Pensei que fosse gay durante algum tempo, mas a verdade é que sou mais sexualmente atraído por raparigas. No entanto, estou realmente feliz por ter encontrado alguns amigos gays, porque impediram de me tornar um monge ou algo assim.


Definitivamente sou gay em espírito e provavelmente serei bissexual. Mas estou casado e mais atraído pela Courtney [Love] do que qualquer outra pessoa. Se não tivesse encontrado Courtney provavelmente teria continuado com um estilo de vida bissexual, mas acho-a atraente em todos os sentidos.

Para sempre recordado

Kurt Cobain suicidou-se a 5 de abril de 1994 e deixou o mundo em choque.

Linhas de Apoio e de Prevenção do Suicídio em Portugal

Linha LGBT
De Quinta a Sábado, das 20h às 23h
218 873 922
969 239 229

SOS Voz Amiga
(entre as 16 e as 24h00)
213 544 545
912 802 669
963 524 660

Telefone da Amizade
228 323 535

Escutar – Voz de Apoio – Gaia
225 506 070

SOS Estudante
(20h00 à 1h00)
969 554 545

Vozes Amigas de Esperança
(20h00 às 23h00)
222 080 707

Centro Internet Segura
800 219 090


O Podcast Dar Voz A esQrever 🎙🏳️‍🌈 está disponível nas seguintes plataformas:
👉 Spotify 👉 Apple Podcasts 👉 Google Podcasts 👉 Pocket Casts 👉 Anchor 👉 RadioPublic 👉 Overcast 👉 Breaker 👉 Podcast Addict 👉 PodBean 👉 Castbox 👉 Deezer

O Podcast Dar Voz A esQrever 🎙🏳️‍🌈 está disponível nas seguintes plataformas:
👉 Spotify 👉 Apple Podcasts 👉 Google Podcasts 👉 Pocket Casts 👉 Anchor 👉 RadioPublic 👉 Overcast 👉 Breaker 👉 Podcast Addict 👉 PodBean 👉 Castbox 👉 Deezer

Deixa uma resposta Cancel reply

Exit mobile version
%%footer%%