Viseu: De ‘capital da homofobia’ à ‘Marcha do Amor’

1ª marcha pelos direitos LGBTI+ de Viseu

Pela liberdade no amor e autodeterminação de género” foi este o título do Manifesto da 1ª Marcha pelos Direitos LGBTI+ de Viseu que se fez ouvir no dia 7 de outubro, para que “os nossos direitos e a nossa individualidade sejam respeitados na rua, em casa, na escola, no emprego, nos hospitais.

Depois dos ataques homofóbicos sofridos em 2005, surgiu este ano a primeira marcha do orgulho LGBTI na cidade e que assim ajudou a transformar a ‘capital da homofobia’ com uma tremenda, pioneira e orgulhosa ‘Marcha do Amor’.

É neste contexto que surge um novo vídeo realizado pelo grupo LGBTI Viseu sobre a 1ª Marcha pelos direitos LGBTI+ de Viseu que é englobado na exposição sobre a marcha do passado dia 7 de outubro e que decorre no Tito’s Bar em Viseu de 8 a 28 de dezembro de 2018.

Vale a pena ver:

 

Fonte: Imagem.

Por Pedro Carreira

Ativista pelos Direitos Humanos na ILGA Portugal e na esQrever. Opinião expressa a título individual. Instagram/Twitter/TikTok: @pedrojdoc

4 comentários

  1. aquaze – Alguns livros ficcionais publicados, o último dos quais, "Reencontro", em 2009. A viver em Lisboa e escrevendo ora centradamente ora dispersamente.
    aquaze diz:

    O vídeo está bastante bem feito.

Deixa uma resposta Cancel reply

Exit mobile version
%%footer%%