Kathrine Switzer: a atleta que não se coibiu de ser mulher

Kathrine Virginia Switzer, de 72 anos, é uma ex-maratonista alemã que é lembrada na história por ser a primeira mulher a participar na Maratona de Boston, em 1967, numa época em que apenas os homens podiam integrar as provas.

Atualmente, Kathy, como também gosta de ser chamada, é comentadora televisiva, escritora de não-ficção, jornalista e ativista pela luta da igualdade de género.

A maratona do ano de 1967 foi marcada pela tentativa de Jock Semple em lhe tirar a camisola e o número de participante, com vistas a desqualificar a atleta. Os amigos de Switzer intervieram, permitindo que ela fugisse para se tornar a primeira mulher a vencer oficialmente a Maratona de Boston em 19 de abril de 1967.

Como referem muitas atletas, “correr é a melhor maneira de nos mantermos livres e de fazermos ver que somos auto-suficientes”. Assim, apelando não só pelo atletismo, mas também por todos os desportos femininos, é crucial que os governantes mobilizem verbas e se criem promoções para as modalidades levadas a cabo por mulheres.


Deixa uma resposta Cancel reply

Exit mobile version
%%footer%%