Hungria: Viktor Orbán convoca referendo sobre Direitos LGBTI

Após a Comissão Europeia ter aberto processo contra a Hungria e a Polónia após violação destes dois países dos Direitos LGBTI, o Primeiro Ministro húngaro Viktor Orbán convocou um referendo sobre a lei anti-LGBTQ+ do país.

Ainda na semana passada Orbán disse em entrevista que o processo da União Europeia é um “vandalismo legal” e insistiu que “tanto o direito familiar como a educação são uma competência nacional” e acusou a Comissão Europeia de abusar “do seu poder”, afirmando ainda que era “como se quisessem tirar-nos os nossos filhos”.

Orbán listou agora, num vídeo na sua página de Facebook, cinco perguntas onde questiona a população húngara, por exemplo, sobre se aceitaria que a escola “debatesse sexualidade com os seus filhos sem o seu consentimento”, se apoiaria “a promoção do tratamento de redesignação sexual para menores” ou a “apresentação irrestrita a menores de conteúdos mediáticos de natureza sexual que afectem o seu desenvolvimento”.

Orbán pediu à população húngara que respondesse “não” a todas as perguntas. O referendo ainda não tem data marcada.

Recordamos que, segundo a Comissão Europeia, o Governo húngaro não conseguiu explicar como “a exposição de crianças a conteúdos LGBTI seria prejudicial para o seu bem-estar ou não estaria de acordo com os seus melhores interesses“. Elencando um conjunto de regras europeias que a lei húngara viola, a Comissão Europeia frisa que as disposições do diploma também “violam a dignidade humana, a liberdade de expressão e de informação, o respeito pelo direito humano” e os valores europeus que estão consagrados no artigo 2.º dos Tratados da UE.

A Comissão Europeia lançou também outro processo de infração ao Governo húngaro por, a 19 de janeiro, ter obrigado uma editora a publicar um aviso num livro para crianças que continha histórias com pessoas LGBTI. “Ao impor uma obrigação de fornecer informações sobre uma divergência em relação aos ‘papéis tradicionais de género’, a Hungria está a restringir a liberdade de expressão das pessoas autoras e editoras de livros, e discrimina por motivos de orientação sexual de uma forma injustificada“, salienta a Comissão.

Recordamos ainda que, de acordo a Agência de Direitos Fundamentais, 81% das pessoas húngaras LGBTI acredita que a postura negativa e o discurso de políticos e partidos políticos são os principais responsáveis ​​pelo aumento do preconceito, da intolerância ou da violência contra as pessoas LGBTI no país.

Estes vão ser dois meses intensos, aqueles dados pela Comissão Europeia à Hungria e Polónia para uma resposta devida a estes atentados aos Direitos Humanos dentro da União Europeia e, por fim, importa reiterar, de uma vez por todas, que Direitos Humanos não são referendáveis!


Ep.154 – Limites do “Humor”, Saúde e Cinema Trans e Bill & Frank Dar Voz a esQrever: Notícias, Cultura e Opinião LGBTI 🎙🏳️‍🌈

O CENTÉSIMO QUINQUAGÉSIMO QUARTO episódio do Podcast Dar Voz A esQrever 🎙️🏳️‍🌈 é apresentado por nós, Pedro Carreira e Nuno Gonçalves. O tema principal é novamente a discussão atual e decorrente sobre os limites do humor (ou falta dele, não é Joana Marques?), mas falamos também de mais estudos que reforçam a importância do acesso aos cuidados de saúde para pessoas trans, uma curta metragem de Ary Zara e do penúltimo episódio de The Last of Us que conta a história gay de Bill e Frank no meio de um apocalipse zombie. Ainda falamos da Queen B não passar por Portugal e do piloto do Festival Política em Coimbra! Artigos mencionados no episódio: Dos limites do humor Novo estudo mostra como cuidados de afirmação de género são benéficos para a saúde mental de adolescentes trans ‘Um Caroço de Abacate’, de Ary Zara e com Gaya de Medeiros e Ivo Canelas, premiado duplamente em Festival Internacional de Curta-Metragem The Last Of Us mostra-nos dois homens de meia-idade a apaixonar-se: “É exatamente o mesmo amor” Festival Política estreia-se em Coimbra com Dino D’Santiago, Hugo van der Ding, “A Música Invisível” e workshop Jingle por Hélder Baptista 🎧 Este Podcast faz parte do movimento #LGBTPodcasters 🏳️‍🌈 Para participarem e enviar perguntas que queiram ver respondidas no podcast contactem-nos via Twitter e Instagram (@esqrever) e para o e-mail geral@esqrever.com. E nudes já agora, prometemos responder a essas com prioridade máxima. Podem deixar-nos mensagens de voz utilizando o seguinte link, aproveitem para nos fazer questões, contar-nos experiências e histórias de embalar: https://anchor.fm/esqrever/message 🗣 – Até já unicórnios 🦄
  1. Ep.154 – Limites do “Humor”, Saúde e Cinema Trans e Bill & Frank
  2. Ep.153 – Keyla Brasil, Eddie Redmayne e Tudo em Todo o Lado ao Mesmo Tempo
  3. Ep.152 – Nasci Maria: Tudo Sobre o Transfake, Festival da Canção 2023 e 40 anos de Madonna

O Podcast Dar Voz A esQrever 🎙🏳️‍🌈 está disponível nas seguintes plataformas:
👉 Spotify 👉 Apple Podcasts 👉 Google Podcasts 👉 Pocket Casts 👉 Anchor 👉 RadioPublic 👉 Overcast 👉 Breaker 👉 Podcast Addict 👉 PodBean 👉 Castbox 👉 Deezer

Exit mobile version
%%footer%%