Jogos Olímpicos: TikTok e Twitter removeram vídeos que expuseram atletas LGBTI no Grindr

O TikTok e o Twitter removeram vários vídeos das suas plataformas que expuseram atletas olímpicos LGBTI em Tóquio que usaram a dating app Grindr.

Alguns dos vídeos contavam com milhares de visualizações e foram criados através do recurso “explorar” do Grindr para encontrar perfis de usuários na Vila Olímpica de Tóquio. Nos vídeos podiam ser vistos vários perfis onde alguns usuários mostraram os seus rostos completos e partilharam detalhes de identificação. Alguns dos atletas identificados seriam originários de países conhecidos pela política homofóbicas.

Após a denúncia, o Twitter disse que os vídeos violavam a sua política de conduta de ódio e disse que estava a tomar medidas para removê-los. O TikTok disse igualmente que removeu os vídeos da sua plataforma porque violaram suas diretrizes da comunidade.

Os vídeos eram assim um risco para atletas LGBTI e representavam uma real ameaça para quem vive em países onde a homossexualidade ainda é proibida. Recordamos que ainda há 69 países no Mundo que criminalizam a homossexualidade.

O Grindr condenou as pessoas que partilharam os vídeos e afirmou que estas violaram os Termos e Condições do aplicativo, que “proíbe a exibição, publicação ou distribuição públicas de qualquer conteúdo ou informação que faça parte dos serviços Grindr“.

Por respeito à privacidade dos nossos utilizadores e por respeito aos compromissos contratuais assumidos por esses indivíduos, a Grindr exige que estes removam as suas publicações que incluem imagens da plataforma Grindr“, diz o comunicado.


Ep.138 ESPECIAL: Opiniões sobre comunidade LGBTI+ com Cairo Braga, André Tecedeiro, Luísa Semedo e Pedro Carreira Dar Voz a esQrever: Notícias, Cultura e Opinião LGBTI 🎙🏳️‍🌈

Episódio ESPECIAL: Opiniões sobre comunidade LGBTI+ com Cairo Braga, André Tecedeiro, Luísa Semedo e Pedro Carreira. Cairo Braga tem neste episódio especial o duplo-papel de pessoa convidada e moderadora de uma conversa sobre a série de artigos de opinião que surgiram nos últimos dias sobre as identidades e vivências da comunidade LGBTI+… escritas quase na totalidade por homens heterossexuais, cisgénero, brancos e de meia idade. Para tal, juntam-se a Cairo o André Tecedeiro, a Luísa Semedo e o Pedro Carreira para uma conversa na primeira pessoa sobre este ataque, aproveitamento e obsessão que algumas pessoas comentaristas têm para falar da comunidades LGBTI+. A não perder! Artigos por pessoas LGBTI+ mencionados no episódio: A chave do armário e o orgulho da invisibilidade (por Luísa Semedo) De onde vem o que julga saber? Já conversou com pessoas trans e não-binárias? (por André Tecedeiro) O bullying dos opinion-makers (por Ana Aresta) Destransição: Dos mitos aos factos (por Pedro Carreira) Sigam e descubram o trabalho de: Cairo Braga André Tecedeiro Luísa Semedo Música por Fado Bicha: Fado Alice (com Alice Azevedo); Jingle por Hélder Baptista 🎧 Este Podcast faz parte do movimento #LGBTPodcasters 🏳️‍🌈 Para participarem e enviar perguntas que queiram ver respondidas no podcast contactem-nos via Twitter e Instagram (@esqrever) e para o e-mail geral@esqrever.com. E nudes já agora, prometemos responder a essas com prioridade máxima. Podem deixar-nos mensagens de voz utilizando o seguinte link, aproveitem para nos fazer questões, contar-nos experiências e histórias de embalar: https://anchor.fm/esqrever/message 🗣 – Até já unicórnios 🦄
  1. Ep.138 ESPECIAL: Opiniões sobre comunidade LGBTI+ com Cairo Braga, André Tecedeiro, Luísa Semedo e Pedro Carreira
  2. Ep.137 – Becoming All Alone: Homens Cisgenerais, Telescópio Homofóbico e Queer Lisboa 26
  3. Ep.136 – Break My Soul: Padre em apuros e Friends redimidos

O Podcast Dar Voz A esQrever 🎙🏳️‍🌈 está disponível nas seguintes plataformas:
👉 Spotify 👉 Apple Podcasts 👉 Google Podcasts 👉 Pocket Casts 👉 Anchor 👉 RadioPublic 👉 Overcast 👉 Breaker 👉 Podcast Addict 👉 PodBean 👉 Castbox 👉 Deezer

Exit mobile version
%%footer%%