A Escócia tornou-se no primeiro país do mundo a incorporar educação LGBTI no currículo escolar

A Escócia tornou-se no primeiro país do mundo a incorporar educação inclusiva sobre as identidades lésbica, gay, bissexual e trans em todo o seu currículo escolar.

Pessoal das escolas receberão um curso online de conscientização sobre educação inclusiva LGBTI e um kit de ferramentas de recursos de ensino de educação inclusiva LGBTI. Um site dedicado será igualmente lançado com recursos de informação para informar e tirar dúvidas a jovens.

Serão diversos os assuntos apropriados a todas as faixas etárias e que irão incluir identidades, questões e história LGBT, focados em promover a igualdade, reduzir o bullying e melhorar as experiências educacionais de crianças e jovens LGBT.

Famílias, pessoal docente, jovens e organizações LGBTI ajudaram a desenvolver o site, o curso online e os recursos didáticos.

Um relatório da instituição Stonewall descobriu que quase metade de estudantes LGBTI, incluindo 64% de jovens trans, sofrem intimidação na escola por serem LGBTI.

Jordan Daly, cofundador da Time for Inclusive Education, disse: “Sofri bullying e preconceito na escola por ser gay, e isso teve um impacto prejudicial na minha confiança e bem-estar. Este novo site e os recursos de apoio, que foram co-desenvolvidos com pessoa docente em toda a Escócia, apoiarão professores e professoras a adotar uma abordagem educacional proativa para combater o preconceito.” Além do pessoal docente, “este trabalho capacitará jovens e proporcionar-lhes-á uma oportunidade que eu não tive na escola – de sentirem valor, confiança e orgulho em quem são.”

O conselheiro Stephen McCabe explicou que “melhorar a inclusão nas nossas escolas é uma prioridade para o governo local“, congratulando-se “com os materiais publicados, que ajudarão escolas, corpo docente e de apoio escolar a impulsionar essa importante medida, garantindo que todas as crianças e jovens recebam o apoio de que precisam.”

Em 2020, a It Gets Better Portugal lançou uma ferramenta para o ensino em Portugal: o e-book: “Come to the rainbow school: Guia para Professor@s Inclusiv@s”, financiado pela Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género. Este instrumento pode ser utilizado nas aulas de Educação para a Cidadania ou em qualquer outro momento em que seja necessário ferramentas para educação sexual e afetos.

Um Grupo de Trabalho de Educação Inclusiva LGBTI foi criado em 2017 para melhorar a experiência de aprendizagem de jovens LGBTI e abordar o bullying e a discriminação. O grupo fez 33 recomendações que o governo escocês aceitou integralmente.

A Ministra da Juventude, Clare Haughey disse: “Estou orgulhosa por dizer que a Escócia está a liderar o caminho como o primeiro país do mundo ao incorporar a educação inclusiva LGBTI em todo o currículo escolar. Ao fazermos isso podemos ajudar jovens a alcançar todo o seu potencial e florescer numa sociedade diversificada e inclusiva.

A Escócia descriminalizou a homossexualidade em 1980, 13 anos depois da Inglaterra e do País de Gales.


Ep.138 ESPECIAL: Opiniões sobre comunidade LGBTI+ com Cairo Braga, André Tecedeiro e Luísa Semedo e Pedro Carreira Dar Voz a esQrever: Notícias, Cultura e Opinião LGBTI 🎙🏳️‍🌈

Episódio ESPECIAL: Opiniões sobre comunidade LGBTI+ com Cairo Braga, André Tecedeiro, Luísa Semedo e Pedro Carreira. Cairo Braga tem neste episódio especial o duplo-papel de pessoa convidada e moderadora de uma conversa sobre a série de artigos de opinião que surgiram nos últimos dias sobre as identidades e vivências da comunidade LGBTI+… escritas quase na totalidade por homens heterossexuais, cisgénero, brancos e de meia idade. Para tal, juntam-se a Cairo o André Tecedeiro, a Luísa Semedo e o Pedro Carreira para uma conversa na primeira pessoa sobre este ataque, aproveitamento e obsessão que algumas pessoas comentaristas têm para falar da comunidades LGBTI+. A não perder! Artigos por pessoas LGBTI+ mencionados no episódio: A chave do armário e o orgulho da invisibilidade (por Luísa Semedo) De onde vem o que julga saber? Já conversou com pessoas trans e não-binárias? (por André Tecedeiro) O bullying dos opinion-makers (por Ana Aresta) Destransição: Dos mitos aos factos (por Pedro Carreira) Sigam e descubram o trabalho de: Cairo Braga André Tecedeiro Luísa Semedo Música por Fado Bicha: Fado Alice (com Alice Azevedo); Jingle por Hélder Baptista 🎧 Este Podcast faz parte do movimento #LGBTPodcasters 🏳️‍🌈 Para participarem e enviar perguntas que queiram ver respondidas no podcast contactem-nos via Twitter e Instagram (@esqrever) e para o e-mail geral@esqrever.com. E nudes já agora, prometemos responder a essas com prioridade máxima. Podem deixar-nos mensagens de voz utilizando o seguinte link, aproveitem para nos fazer questões, contar-nos experiências e histórias de embalar: https://anchor.fm/esqrever/message 🗣 – Até já unicórnios 🦄
  1. Ep.138 ESPECIAL: Opiniões sobre comunidade LGBTI+ com Cairo Braga, André Tecedeiro e Luísa Semedo e Pedro Carreira
  2. Ep.137 – Becoming All Alone: Homens Cisgenerais, Telescópio Homofóbico e Queer Lisboa 26
  3. Ep.136 – Break My Soul: Padre em apuros e Friends redimidos

O Podcast Dar Voz A esQrever 🎙🏳️‍🌈 está disponível nas seguintes plataformas:
👉 Spotify 👉 Apple Podcasts 👉 Google Podcasts 👉 Pocket Casts 👉 Anchor 👉 RadioPublic 👉 Overcast 👉 Breaker 👉 Podcast Addict 👉 PodBean 👉 Castbox 👉 Deezer

Podes votar no Dar Voz A esQrever para o Prémio do Público do Festival Podes em 👉 https://podes.pt/votar/🦄🌈