Opinião Televisão Trans

Clara Ferreira Alves e a falácia do cancelamento

Clara Ferreira Alves criticou fortemente no Eixo do Mal os protestos que surgiram promovidos por pessoal funcionário da Netflix pelo conteúdo transfóbico do especial de David Chappelle presente na plataforma de streaming. Mais especificamente disse: “O chamado movimento trans conseguiu querer cancelar David Chappelle na Netflix e pretende fazer um protesto da moda (…) para que o comediante seja expelido. Ele tem uns gracejos que a meu ver o das mulheres até são bastante piores que o dos trans, mas tem uns gracejos e, portanto, tem que ser cancelado.”

Após mencionar Margaret Atwood que criticou a neutralidade de género e, claro, J.K. Rowling, tendo todas sido, segundo a comentadora, “canceladas“, Ferreira Alves acha que após o que disse provavelmente também vai ser “cancelada pelos trans” que, e cito, “não sabe muito bem o que são“. Mas, logo a seguir tropeça pelo incómodo dos colegas presentes, afinal “sabe o que são“, mas é “confuso, pois já são usadas 23 siglas” para “os LGBT“.

Ora, para começar, há nuances que desmontam a falácia da argumentação da jornalista. Quando diz que um grupo de pessoas “quis cancelar” o comediante, na verdade a manifestação foi uma forma de apoio às pessoas trans que trabalham na Netflix. O segundo ponto remete para o verbo querer. É que todos os exemplos acima mencionados continuam à espera de um verdadeiro cancelamento. Chappele, que desprezou e ridicularizou a identidade das mulheres trans, continua com o seu especial de stand-up disponível na Netflix, Atwood continua a ser um nome de referência cujos livros alimentam uma das séries de maior sucesso dos últimos anos na Hulu e Rowling persiste como uma das pessoas mais ricas do Reino Unido e com uma forte influência mundial. Onde anda o cancelamento? Aliás, haverá cancelamento de Ferreira Alves? Ela deixará de ser comentadora do Eixo do Mal? Deixará de escrever para o maior semanário do país? Onde anda, afinal, o cancelamento?

Se a comentadora não soubesse verdadeiramente o que são pessoas trans poderia começar por se informar e, nesse ponto, recomendo vivamente a carta aberta da Associação Mermaids que traduzimos na íntegra. Depois, talvez ajudasse não entrar no discurso de desumanização de um dos grupos mais perseguidos e discriminados transversalmente em todo o mundo. Reitero a questão, onde anda, mesmo, o cancelamento?

É um dedo em riste um cancelamento? Duvido, mas por vezes é a única resposta que conseguimos dar a mais uma comentadora que, ao contrário da população trans, não sofrerá quaisquer consequências.


Ep. 113 – Rock the Vote (com Diogo Pereira): ESPECIAL LEGISLATIVAS Dar Voz a esQrever: Pluralidade, Diversidade e Inclusão LGBTI 🎙🏳️‍🌈

O centésimo décimo terceiro episódio do Podcast Dar Voz A esQrever 🎙️🏳️‍🌈 é apresentado por nós, Pedro Carreira e Nuno Gonçalves. Não só mas também! É que esta semana temos o nosso correspondente especial em Bruxelas, o grande Diogo Pereira! Tudo a propósito do texto que ele escreveu, avaliando com arco-íris (ou não) os programas eleitorais dos partidos políticos para as legislativas, consoante as menções a medidas concretas para pessoas LGBTI. Falamos do programa de cada um dos partido democráticos e ainda fazemos o rescaldo do Rescaldo LGBTI, um debate da ILGA Portugal com representantes de todos os partidos políticos que aceitaram o convite. Ainda temos tempo para Dar Voz A… o Diogo fala da série Causa Justa da RTP e nós falamos da vitória de um Globo de Ouro pela MJ Rodriguez de Pose, a primeira pessoa trans a conquistar o galardão e ainda da disponibilização da série Golden Girls na Disney+, pouco tempo depois do falecimento da querida Betty White. Para participarem e enviar perguntas que queiram ver respondidas no podcast contactem-nos via Twitter e Instagram (@esqrever) e para o e-mail geral@esqrever.com. E nudes já agora, prometemos responder a essas com prioridade máxima. Podem deixar-nos mensagens de voz utilizando o seguinte link, aproveitem para nos fazer questões, contar-nos experiências e histórias de embalar: https://anchor.fm/esqrever/message 🗣 – Até já unicórnios 🦄 Música de Madonna; Jingle por Hélder Baptista 🎧 Este Podcast faz parte do movimento #LGBTPodcasters 🏳️‍🌈
  1. Ep. 113 – Rock the Vote (com Diogo Pereira): ESPECIAL LEGISLATIVAS
  2. Ep. 112 – Bello Embustero: Pedro Choy, Terapias de Conversão e Pseudociência
  3. Ep. 111 – Thank You For Being a Friend 2: Adeus a Betty White e Até Sempre!

O Podcast Dar Voz A esQrever 🎙🏳️‍🌈 está disponível nas seguintes plataformas:
👉 Spotify 👉 Apple Podcasts 👉 Google Podcasts 👉 Pocket Casts 👉 Anchor 👉 RadioPublic 👉 Overcast 👉 Breaker 👉 Podcast Addict 👉 PodBean 👉 Castbox 👉 Deezer

2 comentários

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: