Drag Race Espanha surpreendeu fãs e é hoje o melhor de todo o franchise

Episódio de Drag Race Espanha avaliado como o melhor de todo o franchise.

Drag Race Espanha já tinha conquistado os corações dos fãs de Drag na primeira temporada e o lipsynch final de Carmen Farala, vencedora dessa edição, e a sua gata debaixo da chuva ficaram para a história. Mas eis que chega a segunda temporada e tudo começa logo a todo o gás.

O franchise de Drag Race começou por expandir-se com All Stars e um fatídico Drag U. De momento já temos outros 7 e continuam a crescer: Reino Unido, Canadá, Espanha, Itália, Holanda, Tailândia e Austrália. Durante muito tempo apenas o franchise do Reino Unido fazia frente ao original e ganhava até em muitos pontos. Mas entre em palco Supremme De Luxe e que ganha a perra mais fabulosa.

O Franchise Espanhol

Drag Race Espanha já tinha conquistado os corações dos fãs de Drag na primeira temporada e o lipsynch final de Carmen Farala, vencedora dessa edição, e a sua gata debaixo da chuva ficaram para a história. Mas eis que chega a segunda temporada e tudo começa logo a todo o gás. Depois de um primeiro episódio mais tradicional mas incrível, chega um talent show chamado Supremme Elegant Talent Extravaganza, ridiculamente pomposo e apropriado, considerado pelos votantes do iMDB e fãs da série, como o melhor de todo o franchise de Drag Race com 9.8 em 10 no site.

Drag Race Espanha apresentou o melhor episódio de sempre?

Este formato de episódio não é novo e já o vemos desde aquela que é considerada a melhor temporada do franchise, All Stars 2. No entanto existe aqui uma preocupação declarada da produção espanhola em dar a todas as concorrentes TUDO o que precisam para brilhar e mostrar o seu talento. Sem truques de montagem para mostrar que uma está pior que outras, sem colocar ninguém contra ninguém, sem mostrar quedas acidentais das concorrentes (quando estas performances são filmadas sempre mais que uma vez). E quem ganha? Elas. E nós, público. Em cima podem ver Drag Sethlas em acrobacias nunca antes vistas aqui. E, spoiler alert, nem foi esta a que ganhou.

A cereja no topo do bolo foi o runway, em que as concorrentes apresentam a sua perspetiva drag sobre determinado tema. O desta semana foi centro em monstros e demónios e, novamente, o nível de produção era digno de Hollywood. Mas no final existe um bottom 2, duas concorrentes consideradas as piores no desafio fazem um lipsync para ficar e o júri vota. Votou mal, a meu ver, mas não azedou aquele que foi declaradamente um dos melhores episódios do franchise. RuPaul, mira que así se hacen las cosas.

Podem ver Drag Race Espanha na plataforma de streaming WOW Presents Plus.


O Podcast Dar Voz A esQrever 🎙🏳️‍🌈 está disponível nas seguintes plataformas:
👉 Spotify 👉 Apple Podcasts 👉 Google Podcasts 👉 Pocket Casts 👉 Anchor 👉 RadioPublic 👉 Overcast 👉 Breaker 👉 Podcast Addict 👉 PodBean 👉 Castbox 👉 Deezer

Por Nuno Miguel Gonçalves

I lived once. And then I lived again.

Deixa uma resposta Cancel reply

Exit mobile version
%%footer%%