Criadora de ‘Friends’ admite ter sido um ‘erro’ tratar Helena Handbasket no masculino

Criadora de Friends admite ter sido um 'erro' tratar Helena Handbasket no masculino.

Os problemas que a série Friends teve com as suas piadas de teor homofóbico, transfóbico não são propriamente novidade. Há quem diga que é uma obra do seu tempo, mas a verdade é que mesmo antes desta série, houve outras com igual sucesso e aclamação que trataram muito melhor as suas personagens LGBTI+, nomeadamente a amada Golden Girls.

Mas a verdade é que há aqui espaço para a redenção. Numa entrevista recente, a co-criadora de Friends, Marta Kauffman considerou um “erro” referir-se à mãe trans de Chandler Bing (protagonizado por Matthew Perry) no masculino e como seu “pai”.

“Os pronomes ainda não eram algo que eu entendesse”, disse Kauffman. “Como tal, não nos referimos a essa personagem como ‘ela’. E isso foi um erro.”

A personagem, que tinha o nome artístico de Helena Handbasket, mas nunca foi dado a conhecer o seu nome real, foi interpretada por Katleen Turner. A atriz, cisgénero, disse em 2019 que ela não teria aceitado o papel se fosse lhe fosse oferecido hoje, pois “haveria pessoas reais capazes de o fazer”.

Além de Friends, Kauffman também é a criadora da série de sucesso da Netflix “Grace and Frankie“, com Jane Fonda e Lily Tomlin como protagonistas, e explicou que agora tenta cultivar um ambiente inclusivo nas filmagens para todas as pessoas.

“Gosto muito de criar um ambiente onde tenhamos uma equipa feliz. É muito importante para mim que onde estamos seja um lugar seguro, um lugar tolerante, onde não haja gritos. Despedi uma pessoa no local por fazer uma piada sobre uma técnica de filmagens trans. Isso simplesmente não pode acontecer”, disse.

“Aprendi muito nos últimos 20 anos”, confessou Kauffman. “Admitir e aceitar a culpa não é fácil. É doloroso olharmos-nos no espelho. Sinto-me envergonhada por não saber melhor há 25 anos.“ Há críticas que considera muito válidas e sobre as quais ainda se emociona. “Se eu soubesse então o que sei hoje, há certas coisas que teria mudado. Eu não as conhecia, mas desde então aprendi-as.”

Deixa uma resposta Cancel reply

Exit mobile version
%%footer%%