Basquetebol: Isaac Humphries assume-se gay à equipa: “Agora sinto-me confortável”

Basquetebol: Isaac Humphries assumiu-se gay à equipa: "Agora sinto-me confortável"

Isaac Humphries, jogador de basquetebol do Melbourne United, foi elogiado pela sua coragem após sair do armário publicamente. Tornou-se assim no único jogador de basquetebol profissional masculino abertamente gay atualmente a jogar numa primeira liga no mundo.

O momento foi filmado quando Isaac Humphries falou com os seus colegas de equipa no balneário. Através de uma declaração divulgada pelo seu clube, o atleta de 24 anos anunciou que é gay, dizendo que passou por “tempos extremamente sombrios” na sua jornada, mas “agora está feliz” com quem é.

Este é o culminar de um processo pessoal em que Humphries lutou contra as profundezas da depressão. “Durante toda a minha carreira, não houve uma realidade em que eu pudesse ser um homem assumidamente gay enquanto jogava basquetebol”, disse.

Escondi algo sobre mim mesmo toda a minha vida, de todas as pessoas que amo, e às vezes até de mim mesmo”, disse Humphries. “É uma verdade sobre mim que eu queria negar há muito tempo, mas agora sinto-me confortável em contar-vos. Essa verdade é que eu sou gay.”

Descobri muito sobre mim próprio durante esta temporada e pensei muito sobre isso. Sabia que se me juntasse a uma equipa e começasse uma temporada, sabia que teria que revelar quem eu sou e não me esconder mais. Finalmente cheguei a um ponto em que sei que posso assumir-me como um homem gay e ainda praticar desporto profissional.

Isaac Humphries faz assim história ao tornar-se no primeiro jogador de basquete australiano, e o primeiro jogador da NBL, a assumir-se gay. Ele segue os passos de Josh Cavallo, que percorreu um caminho semelhante no mundo do futebol em outubro do ano passado.

Ele é o segundo jogador de basquete masculino a sair do armário enquanto jogava numa das melhores ligas de basquetebol do mundo, depois do veterano da NBA Jason Collins em 2013.

O apoio de colegas a Isaac Humphries após se assumir gay foi imediato

O diretor-executivo do Melbourne United, Nick Truelson, elogiou a sua “tremenda coragem” e disse que esperava que a bravura de Humphries inspirasse outras pessoas.

Hoje é um passo incrível na jornada de Isaac, e nós, como clube, apoiamo-lo com todo o nosso coração”, disse Truelson. “Não apenas como membro do nosso clube, mas como pessoa. Esta é uma ocasião importante para ele pessoalmente, mas também para o desporto masculino à escala global.”

Humphries também recebeu apoio da NBL: o comissário da liga, Jeremy Loeliger, disse que o jogador sempre foi mantido na mais alta consideração pela liga.

Isaac comportou-se admiravelmente hoje e ao longo da sua carreira, ao lidar com o que foi claramente uma causa significativa de angústia e consternação para ele”, disse Loeliger. “O basquetebol é um jogo que une as pessoas, e não é mais evidente do que hoje.”

A NBA, que Humphries integrou na temporada 2018/2019, também se pronunciou: “Sentimos orgulho e gratidão por Isaac compartilhar a sua história. sabemos o impacto real que a sua honestidade e coragem terão em muitos outros. Isaac tem o nosso respeito e apoio inabaláveis.”

Depois da sua luta pessoal sobre quem é, Isaac Humphries recebeu o apoio dos seus colegas, equipa e fãs. “Podes ser um homem gay e um jogador de basquetebol de topo numa das melhores ligas do mundo. Eu sou a prova viva disso“.

Sei como é crescer num ambiente que não é acolhedor e quero fazer a minha parte para garantir que o basquetebol não seja mais um deles.

Deixa uma resposta Cancel reply

Exit mobile version
%%footer%%