Eurovisão: Eis quem vai apresentar o maior festival de música do mundo em 2023

Eurovisão: Eis quem vai apresentar o maior festival do mundo em 2023

Está revelado quem vai apresentar a Eurovisão em Liverpool 2023. Após a vitória da Ucrânia em 2022, o Reino Unido irá receber o festival devido à guerra continuada no país vencedor. A Eurovisão contará assim com Alesha Dixon, Graham Norton, Hannah Waddingham e Julia Sanina como anfitriãs. Ainda Mel Giedroyc, Rylan, Scott Mills, Claire Sweeney, Sam Quek e Timur Mirosh terão presença no evento.

Para apresentar a Grande Final da Eurovisão estará a lenda eurovisiva Graham Norton, a premiada cantora ucraniana Julia Sanina, a aclamada atriz Hannah Waddingham e a cantora Alesha Dixon.

As duas semifinais ao vivo de Liverpool contarão com a apresentação do trio de superestrelas musicais Julia, Hannah e Alesha.

A vencedora de um Emmy, Hannah Waddingham, mais conhecida pelos seus papéis em Sex Education ou Ted Lasso – bem como uma carreira nos teatro – disse que era um “grande privilégio” apresentar “um dos maiores festivais de música do mundo”.

Este ano, talvez mais do que nunca, é uma grande honra estar ao lado da Ucrânia, um país que se carregou com tanta força e unidade”, continuou.

Já a cantora da banda Mis-Teeq, Alesha Dixon, expressou a sua adoração pela Eurovisão e a “excitação, criatividade e talento” que o festival oferece.

Kate Phillips, diretora da Unscripted da BBC, diz:

“A BBC está entusiasmada por ter uma formação tão talentosa que trará o Festival Eurovisão da Canção em Liverpool – em nome da Ucrânia – para o mundo. Uma coisa que realmente nos une é a música, e sentimos orgulho por ter uma equipa – que está habituada aos mundos da música, performance e transmissão ao vivo – como parte da nossa família de apresentação da Eurovisão. Será um momento notável para a BBC entregar dois grandes momentos no calendário de transmissão deste ano, a Coroação do Rei e a Eurovisão, na mesma semana.”

Não é por acaso que o festival se tornou ao longo dos anos num festival de celebração Queer e a Eurovisão 2023 não será exceção.

Exit mobile version
%%footer%%