Como se constrói uma identidade sonora? Discussão sobre o vídeo musical BAZA, de Blaya

“Baza” é uma música contagiante. Para os fãs dos Buraka Som Sistema, a antiga banda de Blaya, é uma ótima forma de regressar ao seu universo sonoro. Não sou apenas eu que o digo, várias pessoas comentam o mesmo no canal de Youtube da cantora. O vídeo tem realização de Emerson Ferreira e Micaela Miranda,… Continue a ler Como se constrói uma identidade sonora? Discussão sobre o vídeo musical BAZA, de Blaya

O gosto não se discute? A música queer como ato político em Portugal

Desde 1982 que a homossexualidade deixou de ser um crime em Portugal. Antes, os mecanismos de repressão estatal policiavam e puniam publicamente as identidades dissidentes face à norma: a heterossexualidade. Entre os aparelhos de regulação e ‘justiça jurídica’, havia formas de censura à música que tentavam impedir a representação do que apelidavam de ‘sexualidades dissidentes’.… Continue a ler O gosto não se discute? A música queer como ato político em Portugal

Como se constrói uma identidade sonora?
Discussão sobre o vídeo musical GET THE GUNS OUT, de Aurora e Odete

Para pessoas com identidades LGBTI+, os vídeos musicais servem para promover o seu trabalho artístico e fazer experiências artísticas com som e imagem. Além disso, são objetos únicos na defesa de direitos ou para registar na história a memória daqueles que desapareceram, muitas vezes devido a situações de violência. GET THE GUNS OUT é tudo… Continue a ler Como se constrói uma identidade sonora?
Discussão sobre o vídeo musical GET THE GUNS OUT, de Aurora e Odete

“Só recusando o silêncio”: as vozes de Fado Bicha na cena musical queer lisboeta

No passado dia 29 de junho, pelas 14H00, tive oportunidade de entrevistar, com o Pedro Carreira, as artistas que formam a banda Fado Bicha. Com Lila Fadista e João Caçador, falámos sobre um conjunto de matérias atuais e muito pertinentes para a música portuguesa e o que significa a sua cultura. É importante regressar a… Continue a ler “Só recusando o silêncio”: as vozes de Fado Bicha na cena musical queer lisboeta

Como se constrói uma identidade sonora? Discussão sobre o vídeo musical LÈVRES ROSES, Electrosexual feat. Nicky Miller

Electrosexual tem-nos habituado a exercícios estéticos mordazes e atrevidos, o novo vídeo musical não é exceção. LÈVRES ROSES, ou os lábios rosa, tem realização, voz, letra e guião de Nicky Miller, além da participação de Ixa no ecrã. A premissa é dada pelos autores e lê-se no Youtube: “na sua ronda ao cemitério, um vigilante… Continue a ler Como se constrói uma identidade sonora? Discussão sobre o vídeo musical LÈVRES ROSES, Electrosexual feat. Nicky Miller

Fado Bicha lançam vídeo ESTOURADA: “TORTURA NÃO É CULTURA!”

“TORTURA NÃO É CULTURA!”, assim começa ESTOURADA, o novo trabalho de Fado Bicha, em escrita de maiúsculas para gritar bem alto a sua mensagem. O vídeo musical lançado no passado dia 29 de julho, foi realizado por Ana Viotti e conta com a participação de Symone de lá Dragma e passarumacaco. Nesta representação audiovisual, as… Continue a ler Fado Bicha lançam vídeo ESTOURADA: “TORTURA NÃO É CULTURA!”

Ocupar a convenção, perverter a tradição: uma crítica musical ao álbum OCUPAÇÃO de Fado Bicha

OCUPAÇÃO é o álbum de estreia de Fado Bicha, uma das bandas mais interessantes, polémicas e refrescantes do meio musical português atual. As artistas, Lila Fadista e João Caçador, explicam que o título tem um duplo sentido: “Por um lado, o projeto Fado Bicha simboliza a ocupação de um património ao qual as pessoas como… Continue a ler Ocupar a convenção, perverter a tradição: uma crítica musical ao álbum OCUPAÇÃO de Fado Bicha

Como se constrói uma identidade sonora? Discussão sobre o vídeo musical SENTADINHA MACIA, Lia Clark

No trabalho artístico de pessoas queer brasileiras tenho-me deparado com um tema muito comum: os corpos sexualizados, de forma explícita, na ficção científica. Pode parecer que não é nada demais! Só que, culturalmente, a ficção científica ainda é um território heterossexual e normalizado, tanto por quem faz como pelo que representa. Precisamente por isto, nas… Continue a ler Como se constrói uma identidade sonora? Discussão sobre o vídeo musical SENTADINHA MACIA, Lia Clark

Como se constrói uma identidade sonora? Discussão sobre o vídeo musical BIXA PRETA PARTE 2, Linn da Quebrada e Jup do Bairro

De tempos a tempos, as culturas sofrem transformações, umas mais profundas do que outras, mas todas igualmente importantes. Nestes processos, muitas palavras mudam o seu sentido e criam-se nuances que, a cada período, expressam um novo de significado. Os termos pelas quais se nomeiam as pessoas criam e produzem formas de olhar, no entanto, apesar… Continue a ler Como se constrói uma identidade sonora? Discussão sobre o vídeo musical BIXA PRETA PARTE 2, Linn da Quebrada e Jup do Bairro

Como Se Constrói Uma Identidade Sonora? Discussão Sobre O Vídeo Musical My Agenda, Dorian Electra

Ter uma agenda, no sentido de uma lista de objetivos e razões secretas, é esconder algo que se pretende fazer sem que outros saibam. Dorian Electra, no vídeo MY AGENDA, parece misturar segredos, contradições e referências às culturas digitais com uma pitada de historicismo. A obra foi realizada por Electra, Mike Diva & Weston Allen… Continue a ler Como Se Constrói Uma Identidade Sonora? Discussão Sobre O Vídeo Musical My Agenda, Dorian Electra

Exit mobile version
%%footer%%