Gretas, rachas e outras aberturas

Retrato a Lorena Travassos com uma planta , costela de adao . Provas de iluminacao com dois flash (um dos quais com 4 filtros ( 3401 ) . Inspirado numa foto de Polina Washington no link https://www.instagram.com/p/B2451JJCBoa/ Lisboa , 13 de Maio de 2020 ©Enric Vives-Rubio

Tive uma conversa muito interessante que faz todo o sentido partilhar convosco. Sobre nós, enquanto pessoas feministas e ativistas, sobre livros, leituras, sobre espaços, portas e aberturas de mentalidade e, vá, sobre vulvas! Lorena Travassos, luso-brasileira a residir em Lisboa há vários anos, criou a Greta – Livraria feminista e a nossa conversa começou logo… Continue a ler Gretas, rachas e outras aberturas

Entrevista exclusiva a Gisela João: “Ser mulher aponta afincadamente a direção da história que é contada no álbum”

Não são todos os dias que entrevistamos uma das vozes mais reconhecíveis e marcantes dos últimos anos em Portugal. Por isso é que, naquela manhã fresca de maio, sentimos um agradável misto de nervosismo com excitação. A primeira vez que fora entrevistada neste espaço, havia sido em diferido. Um envio de questões e uma entrega… Continue a ler Entrevista exclusiva a Gisela João: “Ser mulher aponta afincadamente a direção da história que é contada no álbum”

Teatro: “Só eu escapei” com Catarina Avelar, Lídia Franco, Márcia Breia e Maria Emília Correia para celebrar o 25 de Abril

No dia 25 de abril às 11h00 no Teatro Aberto estreia o espectáculo “Só Eu Escapei”, de Caryl Churchill, com encenação de João Lourenço e com Catarina Avelar, Lídia Franco, Márcia Breia e Maria Emília Correia. Abril é o mês de voltar a abrir as portas; voltar a ligar as luzes do teatro e voltar a… Continue a ler Teatro: “Só eu escapei” com Catarina Avelar, Lídia Franco, Márcia Breia e Maria Emília Correia para celebrar o 25 de Abril

Tina: O documentário que conta a história de emancipação de Tina Turner

O documentário, que foi exibido no festival de Cinema de Berlim, estreia na HBO e conta o caminho tortuoso de Tina Turner da violência doméstica à sua independência como artista e mulher.

Vozes a crescer

Pensando nas crias adolescentes que me rodeiam, que bom que é que possam ver que não temos, enquanto mulheres ou enquanto pessoas excluídas, de resignar-nos ao silêncio, à invisibilidade ou à violência. As raparigas continuam a ser julgadas e avaliadas pelos seus corpos, continuam a ser objetificadas, retiradas de um lugar de afirmação e poder – pior ainda continuam a fazer isso a si mesmas. Com filmes de adolescentes assim, talvez possam olhar-se de outra forma, exigir mais à sociedade para elas.

8 de Março: Já Marchavas! irá construir mural alusivo ao Dia Internacional das Mulheres e relembra que “a Pandemia é Machista!”

Plataforma Já Marchavas! anunciou que irá construir um mural simbólico alusivo ao Dia Internacional das Mulheres e relembra que “a Pandemia é Machista!”

Exit mobile version
%%footer%%