Os Mosaicos Feministas de Madonna

Em pleno Dia Internacional da Mulher, Madonna surpreende e lança sem qualquer aviso um novo manifesto feminista. Não muito longe do sua anterior e ousada carta de intenções Art For Freedom, aqui também se junta a fotógrafos de moda, Luigi & Diango, em colaboração com a Vogue Germany.

Her-Story“, inspirado em Marlene Dietrich e ainda mais em Wim Wenders e o seu Asas do Desejo, é composto de pequenos capítulos ou mosaicos que celebram a força e perseverança femininas num cenário inóspito de guerra em Berlim. Neles vemos mulheres a surgirem para além da cortina da opressão, muitas delas também artistas – é o caso de Libby Larkin, que canta uma música num dos capítulos num fundo de isolamento.

Existe uma tonalidade lésbica e ultra-feminista militante intencionalmente exacerbada por Madonna neste manifesto, novamente em postura bélica. Contra o idadismo, contra Trump e contra a invisibilidade das mulheres, pode-se dizer que ela está mais ebuliente que nunca. Nos dias de hoje não há como estar de outra forma. Brava.

 

Anúncios