Saltar para o conteúdo
Anúncios

Categoria: Prosa

Vamos falar de privilégio?

Sou um homem cis branco europeu e fruto de uma família de classe média. Tive o privilégio de poder ambicionar a uma formação superior sem preocupações graves de índole económica […]

Sexo – direito ou dever?

Sexo. Quase omnipresente nas nossas vidas, é algo que nos move de uma forma inata. Mesmo quem não sofre da sua influência reconhece, certamente, que o sexo move indústrias bilionárias, […]

Quem tem medo do Dia do Pai?

Quando era miúdo perguntava-me porque é que havia Dia do Pai e Dia da Mãe, mas não havia dia do Homem. Coisas de criança… Vida de pai não é fácil: […]

O dia e a noite…

Era dia, mas eu queria ser como a noite. Era noite, mas eu queria ser como o dia. Existiam dias tais que queria ser como o pôr do sol ou, […]

Texto: Existi Em Ti

Tenho saudades de ser jovem. De viver sem o teu peso amarrado, criado de memórias que se prendem nesta terra me abrandam o passo e me impedem de ser. Para […]

Meu querido mês de Julho (uma reflexão)

“Quem és tu? O que queres fazer/ser no futuro?” Há momentos estranhos na nossa vida, em que paramos para pensar sobre tudo e todos e, mais precisamente, nós. Quem nós […]

Conto: A Lição Dos Patos

No jardim, onde passo todos os dias, está um grande lago que costumava estar desabitado. É uma zona muito aprazível, cheia de flores, árvores, sombras, crianças e água. O local […]

As Duas Escritas

Haverá uma escrita masculina e outra feminina? Será a escrita masculina ponteaguda e a escrita feminina redonda? Ponteaguda porque lhe falta subtileza, delicadeza e sensibilidade? Redonda porque é bela, sexy […]

“Michas”: conceito e impacto

São uma vergonha nos locais públicos. Não são uma boa representação para a nossa causa nacional e internacional. São irrevogavelmente estranhos à sociedade geral. Falo, obviamente, de michas: machos latinos […]

O Encontro

As pernas tremem. Aquela premunição dir-te-á, afincadamente e até ao fim, que aquele é o dia. Corres o risco. E vais. Soltas entre os dedos aquele resquício de cigarro na […]

“Aqui Não Há Panilas!” (pensamento)

“Aqui não há panilas!”, ouvi eu ontem da boca daquela rapariga. Num grupo de pessoas que, embora façam parte do dia-a-dia, não me são propriamente próximas, nada disse. Não será […]