Grindr: Mudanças No Serviço Pela Inclusão De Pessoas Trans

Em plena semana da Memória Trans, a popular app Grindr anunciou que irá atualizar o seu serviço de forma a incluir pessoas Trans. Quem utiliza o serviço poderá agora escolher várias opções sobre a sua identidade de género, tal como será utilizada linguagem neutra na app e no site do serviço.

Grindr LGBTI Trans Género Identidade

O Grindr entrou em contacto com vários usuários trans e consultou a National Center for Transgender Equality, um grupo de defesa dos direitos das pessoas trans. A app afirma que é usada por três milhões de usuários todos os dias, tornando-a na rede social queer mais popular do planeta.

De forma a informar e consciencializar utilizador@s da app, a empresa também publicou  informações sobre identidade de género e conselhos sobre como interagir respeitosamente com pessoas transgénero e não-binárias.

Uma coisa que ouvimos repetidamente por parte de pessoas trans que usam o Grindr é que elas se sentem indesejadas porque outros usuários geralmente só querem perguntar-lhes sobre o que significa serem trans ou abordá-las sem saber falar respeitosamente sobre questões trans. É por isso que publicámos informação sobre a temática trans diretamente nos perfil pessoais de forma a respondermos às perguntas mais frequentes dos usuários e assim diminuir esse peso para pessoas trans. – Jack Harrison-Quintana (Diretor da “Grindr para a Igualdade”).

O Grindr promoveu igualmente um vídeo, bem humorado, com a ativista e atriz/autora Jen Richards nomeada para um Emmy – e várias outras pessoas trans para falarem como  as mudanças do serviço as afecta positivamente:

Fonte: TechCrunch.

Anúncios