Livro: ‘The Catch Trap’ De Marion Zimmer Bradley

Foi preciso um salto de fé para me decidir em ler o The Catch Trap (Salto Mortal em Portugal) da Marion Zimmer Bradley porque já tinha tentado há alguns anos ler a saga Avalon sem qualquer sucesso, foi aí que me convenci que não consigo apreciar aquele estilo. E no entanto, por conselho determinado de uma amiga, comecei a ler o livro sem nada saber dele.

A história centra-se em dois trapezistas circenses, Mario Santelli Tommy Zane durante a década de 30 e 40 do século passado. Tommy conhece Mario ainda novo e admira-o desde o primeiro instante ao vê-lo a fazer um triplo-mortal, Mario era na altura uma das poucas pessoas a conseguirem fazer esse salto. E a ligação de mentor e pupilo acentua-se numa paixão e todos os seus reflexos de respeito, confusão, dúvida e, por fim, amor.

O romance entre os dois desenrola-se no seio da família Santelli que rapidamente adopta o jovem Tommy e o torna num Santelli com todos os direitos e responsabilidades que o bom-nome da família tinha no meio circense. E é neste ambiente e época que os dois têm os seus desacatos, consigo mesmo mas também com os restantes elementos da família.

Curioso ler-se que muitos dos preconceitos que na altura havia ainda estão absolutamente actuais nos dias de hoje, apesar do livro ter já mais de trinta anos desde o seu lançamento, não deixa de ser um murro no estômago naqueles que lutam e acreditam no respeito universal do ser humano pois a mudança das mentalidades, ao contrário do que por vezes possa ser anunciado, é lenta e arrasta para a dor as pessoas, os seus sentimentos e a sua integridade.

E é neste tumulto que o livro vence, pois não deixa nunca de ser claro que, aconteça o que acontecer, o Mario e o Tommy são feitos um para o outro, numa harmonia apenas duplicada quando estão no trapézio, como voador e base, onde se superam a si mesmos e a todos os obstáculos que encontram.

Acima de tudo The Catch Trap é uma história extremamente humana em que dificilmente não nos apaixonaremos, nós, por toda a família Santelli.

Nota: 5/5 

GoodReads Link.

Nota: Opinião originalmente publicada no blogue Os Livros Lidos.

Anúncios