Vídeo: We Exist Dos Arcade Fire

Se o vídeo já nos tinha sido enviado pela Ana e posteriormente retweetado no Twitter, agora é a vez do Nuno voltar a chegar-se à frente e partilhar algumas palavras sobre o mesmo: 

Ontem Lisboa acolheu mais um épico concerto dos Arcade Fire, cada vez mais expansivos e universais nas mensagens que comportam e espalham. No entanto não perdem o rasgo que os define desde a sua estreia há mais de dez anos. Foram muitos os momentos altos do espectáculo baseado no dançável Reflektor e um deles foi indubitavelmente We Exist, com projecções inspiradas no video lançado apenas há poucas semanas, com a autoria de David Wilson.

O tema do video é a identidade sexual e de género de um jovem americano, brilhantemente personificado pelo actor Andrew Garfield. Numa cidade pequena nos Estados Unidos e numa altura em que centenas de adolescentes continuam ainda a tirar a sua própria vida por situações de bullying que se torna incomportável para uma mente ainda em desenvolvimento e processo de maturação. Especialmente no turbilhão de confusão que vive dentro deles mesmos.

Aqui ela decide finalmente assumir quem é e no meio da violência mesquinha com que é defrontada ainda é capaz de sonhar. Assim faz-se transportar para um mundo onírico muito Lynchiano sem tabus onde a Humanidade, nas sua diversas formas, é abraçada e celebrada em vez de temida.

Ela é transportada para a realidade num concerto dos próprios Arcade Fire e uma multidão em extâse depois de trocar um olhar de espelho, mais um reflexo, com Win Butler. O final, inspirador e emotivo, é aquela utopia que ansiamos ver exaltada e concretizada. Porque sonhar é parte daquilo que nos torna humanos e nós existimos. E somos imparáveis.

Daddy told him to wait
Mother, I’m so scared
But will you watch us drown?
You know that they will

You know that we’re young
You know that we’re confused
But will you watch us drown?
What are you so afraid to lose?

Down on their knees
Begging us please
Praying that we don’t exist

We exist.

Anúncios