Galeria: Antes Da Igualdade No Casamento Assim Eram Os Casais Há 30 Anos

O casamento entre pessoas do mesmo sexo tornou-se legal em todos os Estados Unidos da América este ano, mas já antes, mais precisamente há trinta anos, a fotógrafa Sage Sohier mostrou ao mundo os casais de pessoas do mesmo sexo e as famílias homoparentais. Porque não se julgue que as leis que hoje são aprovadas não têm repercussões imediatas nestas pessoas que, não esqueçamos, já cá estão, unidas pelo Amor mas desprotegidas na Lei.

Daí a importância destes registos fotográficos (mais exemplos aqui e aqui), reunidos no livro “At Home With Themselves” [link para a Amazon], para assim mais facilmente percebermos e humanizarmos as situações reais que viveram à parte do resto da sociedade pelas políticas homofóbicas e a discriminação que lhes impuseram. É esta a sua cara [clicar para ver em tamanho original]:

Sohier, nos anos 1980, com a sua câmara Fuji, fotografou estas pessoas na sua intimidade porque “os espectadores estavam familiarizados com os desfiles do orgulho gay e outros aspectos ‘coloridos’ da comunidade gay. O que eles estavam menos familiarizados era com os momentos privados e íntimos da vida em casa de um casal“.

Foi um projeto particularmente pessoal para Sohier que conhecia o seu próprio pai como sendo gay, embora ele nunca o tenha admitido ou confirmado. Ele foi um veterano da segunda guerra mundial que se separou da mãe dela quando era ela ainda uma menina. Sohier diz que ela e a sua irmã, juntamente com o seu primo, perceberam juntos da orientação do pai já nos seus vinte anos, quando jovens homens começaram a substituir jovens mulheres na vida do pai. Depois de perceber o quanto o pai a tinha inspirado a realizar a série de fotografias, Sohier almoçou com ele e o seu parceiro e mostrou-lhes as imagens. O pai reagiu emocionalmente, segundo Sohier.

Olhando para trás, Sohier afirma que “o trabalho tem agora uma perspectiva histórica acrescentada que, em alguns aspectos, a torna ainda mais interessante. Isso mostra o quão profundamente as coisas mudaram para as pessoas gays e lésbicas“.

Fontes: Business Insider e Sage Sohier.

Anúncios