Vídeo: “O Movimento LGBT Em Portugal” Por Alecia Fluffy

A artista drag-queen Alecia Fluffy partilhou um vídeo que conta a história do movimento LGBT em Portugal desde meados do século XIX até aos dias de hoje. Vale a pena ver o vídeo e ler os momentos mencionados no mesmo abaixo:

O Movimento LGBT Em Portugal
Uma Breve História

• 1852 – A homossexualidade é descriminalizada em Portugal.
• 1886 – A homossexualidade é novamente feita crime em Portugal, gerando gradualmente uma maior hostilidade para com a comunidade gay.
• 1912 – Publicada a lei da mendicidade estabelece criminalização da “prática de vícios contra a natureza”.
• 1974 – O manifesto do grupo pro-gay MAHR (“Movimento de Acção dos Homossexuais Revolucionários “) é publicado no “Diário de Lisboa”.
É criado o MLM (“Movimento da Libertação da Mulher”). Nele incluem-se activistas lésbicas.
• 1980 – Criado o grupo CHOR (“Coletivo de Homossexuais Revolucionários”), composto por homens e mulheres. Após uma manifestação, o grupo misteriosamente desaparece.
• 1982 – A homossexualidade é descriminalizada em Portugal.
• 1983 – O primeiro caso de sida é diagnosticado em Portugal.
• 1992 – Homossexualidade deixa de ser classificada como doença mental pela OMS (“Organização Mundial de Saúde”).
• 1995 – “Climacz” (uma discoteca em Lisboa) lança a primeira comemoração pública do Dia do Orgulho.
A Comissão Nacional da Luta Contra a Sida lança a campanha “Família: o Principio do Fim da Epidemia, promovendo o ideal de relações monogamas, mono-raciais e heterossexuais.
• 1996 – É fundada a ILGA-Portugal e criado o PortugalGay.pt, o primeiro portal LGBT de Portugal.
• 1997 – ILGA-Portugal abre o primeiro centro comunitário gay e organiza o 1º Arraial Pride de Portugal em Lisboa.
É realizado o primeiro Festival de Cinema Gay e Lésbico de lisboa.
• 1999 – Um projecto-lei desenhado pela Juventude Socialista em 1998 para excluir relações homossexuais das uniões de facto é aprovado.
A Classificação Nacional das Deficiências publicada no Diário da República inclui nas “Deficiências Psicológicas” o termo “deficiência da função heterossexual”.
Personalidades públicas subscrevem um abaixo-assinado. O GTH-PSR e a ILGA entregam queixa na Provedoria da Justiça. O Bastonário da Ordem dos Médicos critica publicamente a tabela. Três meses depois esta acabaria por ser revogada.
• 2000 – Realiza-se a 1ª Marcha do Orgulho LGBT em Lisboa.
• 2001 – Dá-se a 1ª edição do Porto Pride.
• 2003 – Fundação da rede Ex-Aequo.
Orientação sexual passa a ser protegida contra discriminação na área de trabalho por lei.
• 2004 – O grupo “Panteras Rosa – Frente ao Combate à Homofobia” é fundado.
Portugal torna-se um dos únicos países do mundo cuja constituição proíbe discriminação baseada na orientação sexual.
• 2005 – Panteras Rosa organizam a primeira manifestação nacional contra a homofobia, em Viseu, com mais de 300 participantes.
O Partido Nacional Renovador convoca uma manifestação contra o “lobby gay”, associando abusivamente a homossexualidade à pedofilia.
As Panteras Rosa, Clube Safo e Não te prives encheram a cidade de Lisboa de cartazes anti-nazis.
• 2006 – Gisberta, transsexual, é espancada, violada, amarrada e deixada para morrer jogada num poço no Porto.
É realizada a 1ª Marcha do Orgulho Gay no Porto. Um casal lésbico é recusado licença de união de facto. Dentro de 4 anos, seriam o primeiro casal homossexual a casar legalmente em Portugal.
• 2007 – A idade de consentimento para ‘actos homossexuais’ é equalizada para 14 anos. Até este ponto, era 17.
O novo código penal é fortalecido quanto ás leis contra a discriminação baseada na orientação sexual.
• 2008 – É encontrado num contentor de entulho, na região de Lisboa, o corpo de Luna, transexual brasileira.
• 2010 – Portugal torna-se no sexto país da Europa e oitavo país do mundo a legalizar o ‘casamento gay’.
Uma sondagem por Angus Reid revela que 45,5% dos portugueses são a favor do casamento gay, contra 49,3%.
É lançado o site dezanove.pt, dedicado exclusivamente à temática LGBT.
• 2011 – Publicada a lei Nº7/2011 que simplifica o processo de mudança de nome e sexo legal.
• 2013 – Identidade de género passa a ser protegida contra discriminação no código penal.
• 2015 – dezanove.pt ajuda a instituir o Dia Nacional da Luta Contra a Homofobia e Transfobia em Portugal.
Júlia torna-sea primeira mulher transexual a candidatar-se a deputada da Assembleia da República.
Parlamento rejeita propostas a favor da adopção por casais do mesmo sexo.

Fontes: Página do Facebook de Alecia Fluffy e Dezanove.

Anúncios