Apresentação Da Websérie: O Lar De Todas As Cores

Hoje apresentamos uma websérie brasileira que vive da contribuição directa pessoal daqueles que a criam. Com um formato original e abordando vários temas do mundo LGBT, conheçam “O Lar De Todas As Cores” pelas suas próprias palavras:

Produzida de forma independente e sem recursos, a série “O Lar de Todas as Cores” estreou no dia 16 de agosto, na internet, trazendo à tona um tema pouco discutido pela sociedade, mesmo entre a comunidade LGBT. O enredo principal mostra a vida de dois homens nos dias atuais que foram presos e torturados pela ditadura militar por serem gays. A história mostra as consequências das ações do governo naquela época para os dias de hoje e um capítulo do período que fica escondido mesmo entre os estudiosos do assunto.

A trama se passa em São Paulo, onde relatos dão conta de que havia a ordem, por parte dos militares e delegados da região, de se limpar as ruas da cidade de drogados, prostitutas, gays e travestis e muitos deles foram jogados em camburões sem qualquer vínculo político ou ato que justificasse as prisões. Era comum que travestis cortassem os pulsos ou tentassem o suicídio, com o objetivo de serem libertados mais rapidamente. Muitos gays passaram a negar a identidade com medo da polícia e consta que muitos casamentos foram “arranjados” para que pudessem escapar da vistoria militar.

Outro tema importante que será focalizado pelo projeto é a dos refugiados de países em que a homossexualidade é crime e tem pena de morte para os acusados. Um dos personagens, vindo da Arabia Saudita, vive a espera do julgamento do namorado que esta sob risco de ser condenado ao apedrejamento. E mostra brasileiros que foram expulsos destas nações, por conta da relação com outros homens.

Abuso sexual, transexualidade, discriminação contra gordos e poliamor encabeçam a lista das tramas paralelas que também investe no humor com um gay efeminado que luta para ser aceito. Com previsão de 12 capítulos e episódios lançados semanalmente nas noites de domingo no canal do youtube do Projeto CAIS, “O Lar de Todas as Cores” teve a sua pré-estreia no passado dia 13 de agosto num evento no “Season One Bar”, em São Paulo, localizado a Rua Augusta, 520. O elenco esteve presente e foi exibido o primeiro episódio.

Realizada de forma coletiva, a série faz parte do “Projeto CAIS” que só em 2015, alcançou mais de 4 milhões de acessos com as séries “O Anjo do Mar”, gravada em Florianopolis, “Pague e Leve”, produzida no Rio de Janeiro e seu produto mais recente, “Divando”, feita em São Paulo, que contava a trajetória de uma drag queen e lidava com assuntos como a homofobia, compulsão sexual, violência doméstica e a vida de um gay deficiente auditivo.

Confiram o trailer:

E descubram a série também no Facebook.

Nota: Obrigado ao Daniel pelo contacto 🙂

Anúncios