Estudantes Presos Na Tunísia Por Homossexualidade

Quando pensamos em países como a Tunísia costumam chegar-nos imagens paradisíacas, mas a verdade é que as leis desses países são, ainda hoje, escandalosamente discriminatórias. Talvez a componente de choque seja causada por uma visão ocidentalizada do mundo, mas quero acreditar que, na realidade, se baseia naquilo que achamos ser genuinamente justo. Para todos.

Ora, esta semana foram condenados a três anos de prisão seis estudantes tunisinos simplesmente por serem homossexuais, tendo também sido proibidos de residir na cidade de Kairouan – onde ocorreu o ‘crime’ – após o final da sentença e durante cinco anos. Foi-lhes assim dada a pena máxima prevista pelo código penal da Tunísia.

Criticando as “condenações extremamente severas“, o advogado dos estudantes anunciou ter apelado, devendo o recurso ser apreciado num prazo de duas a três semanas.

Aguardemos, com a noção de que a homossexualidade é ainda considerada crime em 75 países do mundo, sendo que, a título de exemplo, só o deixou de ser em Julho passado em Moçambique (e em Portugal apenas em 1982).

Fonte: Diário de Notícias.

Nota: Obrigado ao Filipe pela partilha da notícia 🙂

Anúncios