“The Normal Heart” / Um Coração Normal

Classificado com 8.0/10 no IMDB e estreado já em 2014, The Normal Heart é um drama televisivo que conta com 20 prémios, um deles um globo de ouro e cerca de 50 nomeações.

A cargo do papel principal Mark Ruffalo que interpreta o papel de Ned Weeks acompanhado por Matt Bomer como Felix Turner, Julia Roberts como Dra. Emma Brookner, Jim Parsons (o Sheldon de The Big Bang Theory) e até Jonathan Groff (o Patrick de Looking).

Transportados para plenos anos 1980 deparamo-nos (muito) rapidamente num paraíso à beira mar plantado, onde o desejo afasta pudores e pré-conceitos. E neste paraíso o recém-chegado Ned, claramente mostrou que o paraíso – aquele a que acabava de chegar – não era de todo o que tinha idealizado, muito menos o que procurava. Até porque o primeiro sinal de que as coisas não estavam de bom-vento surgiu exatamente nesta circunstância.

Enquanto isto Dra. Emma recebia no seu consultório uma nova doença, uma espécie de “cancro” e que estava, segundo o que a própria evidenciava, associada inteiramente à comunidade homossexual.

Ambos os caminhos cruzam-se depressa demais. E claro está, o que daí surge é algo para o qual ninguém estava preparado. O “cancro gay” matava os amigos de Ned e a Dra. Emma não era ouvida pela comunidade político-científica, comunidade essa que anos mais tarde renomeou a doença a qual atualmente conhecemos como VIH/SIDA.

No meio de tudo isto, Felix foi capaz de revirar a vida de Ned e viver o paraíso que este tinha idealizado. Capaz de afirmar algo como:

Man do not naturally not love. They learn not to.

A personagem interpretada e o desempenho do ator Matt Bomer levou a que recebesse o globo de ouro de Melhor Ator Secundário.

E depois de tudo… de vermos o que possivelmente aconteceu (porque aconteceu) centenas, milhares de vezes na realidade, a pessoas de carne e osso olhamos para trás e pensamos que talvez o melhor seja ser/ter o “Normal Heart”.

No ano de estreia, segundo a Organização Mundial de Saúde, no mundo existiam 36.9 milhões de pessoas vivas com HIV, 1.2 milhões de mortes por HIV e 2.0 milhões de novos infetados por todo o mundo.

Com tantas coisas a ensinar tornou-se facilmente num daqueles filmes a recomendar incessantemente.

Vê o trailer aqui:

Anúncios
Tagged with: