A História De Amor Por Trás Do ‘Coming Out’ N’Os Simpsons (entre um pai e o seu filho)

A emblemática série Os Simpsons – a passar na nossa televisão nos canais RTP2 e Fox Comedy – atingiu um novo marco na sua 27ª temporada: por fim Smithers, o fiel assistente do eterno vilão Mr. Burns, assumiu o seu amor pelo patrão. Mas há uma história por trás da história: o amor incondicional de um pai pelo seu filho (gay).

Rob LaZebnik, um dos guionistas da série, decidiu dedicar este episódio ao seu filho, Johnny de 21 anos:

Sou um tipo do interior [dos Estados Unidos], portanto não costumo mostrar muito os meus sentimentos. Mas pensei: que melhor forma de dizer ao meu filho que o amo do que escrever um desenho animado com essa mensagem?

A ideia de escrever este episódio de revelação entre Smithers e Mr. Burns já tinha surgido a Rob há três anos e na altura o guionista pediu ao filho que lesse a versão ainda incompleta.

Eu fiquei muito feliz com o facto de ser alguém com experiência em lidar com uma pessoa gay na família mais chegada que estivesse encarregado de escrever o guião. Eu era um miúdo com muitas características homossexuais e os meus pais viam isso. Eu disse-lhe que estava interessado num rapaz e eles responderam ‘pois, nós sabemos‘.

Esta naturalidade foi também transposta para a série, que, segundo Rob, não quis tornar um acontecimento em algo desmesuradamente importante mas sim “um grande momento de aceitação – como se já toda a gente soubesse“.

E assim foi.

Fontes: Diário de Notícias e Out Magazine.

Anúncios