Teatro: Excertos De Vida

Quantas vidas cabem numa vida e quantas histórias se cruzam? Quantas vidas se cruzam nessa história? Quantos momentos gostávamos de esquecer e quantos episódios fazem de nós o que somos hoje? Quantas as vezes que aprendemos lições através dos momentos mais difíceis?

Histórias de vidas reais, tantas vezes incompreendidas, tantas vezes ignoradas, tantas vezes ocultadas… por vergonha… por falta de uma bússola que aponte onde se encaixar…por puro desprezo… ignorância… ocultação… desprezo…

Histórias que existem na sociedade. Histórias de luta, de conquistas e vitórias. Histórias de sofrimento, desalento e desconhecimento.

Um corpo que não nos pertence. Um corpo que não se conforma. Um corpo marcado. Um mapa vincado de histórias de abusos, imposições e segredos. Um caminho para histórias de vida.

Pessoas que ficam marcadas no caminho de outras pessoas. Flagelos sociais, minorias dentro da sociedade a quem apontam dedo… pessoas que não se enquadram no molde criado. Vidas que renascem das cinzas e afirmam o seu orgulho em serem pessoas.

Excertos de Vida reúne 9 histórias de inquietudes e vidas à margem de uma sociedade normativa. Vidas mergulhadas e encurraladas por dedos apontados, por vergonha sentidas, por normas sociais nunca questionadas. Personagens em conflito permanente com o que são e com o que sentem ser. Vidas que desmaiam violentamente como uma onda na praia, mas que prosseguem na próxima vaga de ondas… porque sempre há tempestades que as provocam… porque sempre há praia…pegadas na areia e…um caminho comum. Porque a vontade de se SER vence o dedo apontado.

Uma peça com autoria coletiva do Grupo de Teatro PAR’SER da ILGA Portugal. A partir de um processo artístico que durou 6 meses, foram recolhidas histórias de vidas e improvisadas novas formas artística de abordar problemas sociais: prostituição, discriminação segundo a raça e orientação sexual, identidade de género, doença mental, entre outros.

O Grupo de Teatro PAR’SER utiliza diversas metodologias de teatro (Teatro do Oprimido, Teatro Playback, Teatro Participativo, entre outras) nas suas produções. As peças/performances são fruto de uma investigação e encenação coletiva com base em temas acolhidos pelo grupo. Pretende-se que seja um espaço de luta contra a discriminação em função da orientação sexual e da identidade de género, de defesa da igualdade de género e dos Direitos Humanos, bem como um “laboratório” potenciador e promotor de uma cidadania ativa e mudança social.

  • Autoria: Produção colectiva do Grupo PAR’SER (ILGA PORTUGAL)
  • Encenação: Lara Duarte e Priscila Assumpção
  • Colaboração: Ema Fontes
  • Interpretação: Gisela Borges, Anabela Amorim, Pedro Silva, Graça Maia, Hugo Brás, Ruben Ribeiro, João Teles, Vânia Honrado, Zelayda Filipe, Daniela Bento, Pete Alves
  • Participação Especial: Grupo Dança Wonderfulls (ACMJ)
  • Artes Gráficas: Catarina Formigo

Por: Lara Antunes

Evento

Local:

Casa do Coreto
R. Neves Costa, 45 – 1600-532 Lisboa

Preço: 5€

Telefone: 211548974 / 938018777

Site: http://www.luacheia.pt/contactos.html

Lotação Máxima: 70 lugares. As reservas podem ser feitas através do email: teatro@luacheia.pt ou 938018777 / 966046448

3 cartaz excertos de vida teatro ILGA

Anúncios