Orlando Une Parlamento

A Assembleia da República aprovou esta manhã, de forma unânime, o voto de condenação e pesar pelo atentado em Orlando, considerando-o um ataque “motivado pelo ódio homofóbico às liberdades e ao direito à diferença que caracterizam as sociedades plurais e abertas, respeitadoras dos direitos humanos.

Na galeria estava a assistir o Embaixador dos Estados Unidos em PortugalRobert A. Sherman.

Poderão ler de seguida e na íntegra o voto da autoria do PS e PSD e aprovado por todos os partidos com assento parlamentar:

Voto de Condenação e Pesar n.º 100/XIII
Pelo atentado de Orlando, Estados Unidos da América

 

No passado domingo, os Estados Unidos da América e o Mundo acordaram em choque.
Nas primeiras horas do dia, um terrorista armado entrou num bar em Orlando, na Florida, fazendo 49 vítimas mortais e 53 feridos.

 

O ataque foi motivado pelo ódio homofóbico e reivindicado pelo Daesh. embora estejam ainda por explicar as verdadeiras razões.

 

Haverá certamente uma reflexão interna, a fazer nos Estados Unidos, sobre as condições em que é exercido o direito ao porte de arma.

 

Há seguramente uma reflexão que é global e que não pode deixar de condenar sem hesitações todas as formas de terrorismo e todas as formas de ódio.

 

No passado domingo, assistimos mais uma vez a um ataque às liberdades e ao direito à diferença que caracterizam as sociedades plurais e abertas, respeitadoras dos direitos humanos.

 

Esse é o nosso chão comum de valores, e por isso mais uma vez expressamos o nosso mais sentido pesar às famílias das vítimas e a nossa mais profunda condenação por este ato bárbaro contra uma comunidade em específico: as pessoas Lésbicas, Gay, Bissexuais e Transgénero.

 

Mais uma vez, as vezes que for preciso. Não deixaremos que a sucessão destes casos os faça cair no esquecimento.

A repetição de atentados deste tipo não pode significar a indiferença da banalização nem a cedência às respostas intolerantes.

 

A brutalidade e a quantidade dos casos só nos deve empenhar mais numa resposta global ao terrorismo, não violenta, que promova a segurança através da liberdade e a liberdade através da segurança.

 

A Assembleia da República, reunida em Sessão Plenária, manifesta a mais veemente condenação pelo ataque perpetrado contra cidadãos inocentes, expressando o seu pesar às famílias das vítimas, bem como às autoridades e ao povo norte-americanos.

 

Fonte: Parlamento.

Nota: Obrigado ao Miguel pela ajuda 🙂

Advertisements