Mãe De Vítima De Orlando Faz Apelo Emocional Na Convenção Democrata

Christine Leinonen, mãe de Christopher, uma das vítimas do tiroteio na discoteca gay em Orlando em Junho passado, fez um apelo emocional no palco da Convenção Democrata ao pedir políticas de bom-senso quanto à regulação de armas nos Estados Unidos. E falou da importância do Amor prevalecer ao ódio e da união das pessoas, é esta a transcrição do seu discurso:

Demora cerca de cinco minutos para um sino de igreja tocar 49 vezes. Sei isto porque no mês passado o meu filho Christopher, o seu namorado Juan e 47 outras pessoas foram mortas numa discoteca em Orlando. Christopher era o meu único filho e como costumava dizer-lhe: “Não podes ser mais que perfeito“. Ele tinha imensos amigos, dois deles estão hoje aqui presentes em representação dos restantes. Toda a sua vida ele uniu as pessoas. No secundário ele foi distinguido com o “Anne Frank Humanitarian Award” por ter criado uma aliança entre pessoas LGBT e Heteros [aplausos].

HT_Juan_Guerrero_Christopher_Leinonen orlando lgbt homofobia
Christopher [direita] com o namorado, Juan.

Os avós paternos de Christopher conheceram-se e apaixonaram-se num campo de concentração para japoneses, por isso estava no seu ADN que o Amor sempre prevalece ao ódio. [aplausos]

O Christopher era um grande apoiante de Hillary [Clinton] e é por isso que aqui estou, para vos falar do dia em que ele nasceu. Na altura era uma polícia do Michigan e quando entrei em trabalho de parto o hospital colocou a minha arma num cofre. Não protestei, porque sei que políticas de bom-senso quanto à regulação de armas salvam vidas.

Christine and Christopher_Leinonen orlando lgbt homofobia
Christine e Christopher Leinonen.

A arma que matou o meu filho consegue disparar 30 cartuchos num minuto. Um comissário de Orlando explicou ao falar daquele terrível homem como aquela arma podia disparar tantas balas em cinco minutos, tantas vidas [perdidas]. Fico contente que o senso-comum prevaleceu no dia em que o Christopher nasceu, mas onde estava esse senso-comum no dia em que morreu? Não desejo que alguma vez tenham que fazer esta pergunta sobre os vossos filhos e filhas. É por isso que apoio Hillary Clinton.

Poderão ver o vídeo do discurso de Christine de seguida:

 

Fontes: ABC News e ABC Austrália.

Advertisements