O Discurso do Rei: “Os noruegueses são raparigas que amam raparigas, rapazes que amam rapazes e rapazes e raparigas que se amam”

Esta semana Haroldo V, Rei da Noruega, deu um discurso emotivo de união do seu país com base na igualdade, generosidade e solidariedade. Falando em prol dos refugiados e população LGBT na Noruega mencionou igualmente a liberdade religiosa e os direitos das pessoas:
 

Nem sempre é fácil dizer de onde viemos. Casa é onde mora o coração e isso nem sempre cabe nas fronteiras físicas de um país. Os noruegueses são raparigas que amam raparigas, rapazes que amam rapazes e rapazes e raparigas que se ama uns aos outros. Os noruegueses acreditam em Deus, em Alá, em tudo e em nada. Por outras palavras, vocês são a Noruega e nós somos a Noruega.
 
A minha maior esperança para a Noruega é que consigamos tomar conta uns dos outros, que consigamos construir este país com confiança, solidariedade e generosidade.

 
Perguntamos: de que está à espera Marcelo?

Vejam o vídeo do discurso de seguida:

FonteJornal i

Advertisements