IKEA: EUA vs Rússia (dois casais, duas visibilidades)

A IKEA não é estranha na aposta em dar visibilidade a pessoas LGBTa primeira vez que o fez corria o ano de 1994! Desta vez a casa norte-americana lançou a campanha em que apresenta a (sua) nova versão do sonho americano, alegando que a IKEA ajuda a construi-lo todos os dias e de formas diversas. Nela pode-se ver, entre outros, um casal (interracial) de homens, uma espécie de posição dois-em-um que explicita a importância da visibilidade destes casais.

Os americanos vivem as suas vidas de formas muito distintas, quer seja com famílias multi-geracionais, quer seja com famílias arco-íris. É essa diversidade que define o real retrato da América. – Leslie Stone (directora de marketing da campanha)

No outro lado do espectro e em simultâneo, na Rússia a IKEA retirou de concurso um outro casal de homens que pretendia ser capa do mês da revista da marca, concurso esse por votação que ambos dominavam já com +7.000 votos.

ikea-casal-russia-lgbt-gay-homofobia

Esta não é a primeira vez que marcas internacionais têm problemas deste género na Rússia e convém relembrar que o país possui leis contra a alegada “campanha da homossexualidade” e  que existe impunidade contra aqueles que praticam o ódio contra a população LGBT naquele país. Foram aliás estes factores que deram origem à World Press Photo de 2015World Press Photo de 2015. Este foi mais um (infeliz) caso.

Fontes: The Gaily GrindThe Gaily Grind e Gay Star News.

Nota: Obrigado ao António pela dica 🙂

Advertisements