O novo logotipo da IBM

Foi com alguma pompa que o gigante tecnológico e a empresa onde me orgulho de trabalhar anunciou na semana passada a alteração do seu logotipo, apresentado como um símbolo da liderança da IBM na área da diversidade e inclusão. A apresentação do novo logotipo foi feita a nível mundial e com efeito imediato em todas as redes sociais, no facebook, twitter, linkedin, Google+, instagram.

Parece-me relevante a IBM ter iniciado o ano de 2017 com esta alteração à escala mundial, que vem reforçar o compromisso que a empresa tem face ao tema da diversidade nomeadamente em relação às pessoas LGBT+.

Nas palavras da CDO (Chief Diversity Officer) da IBM Lindsay-Rae McIntyre: “a IBM tem orgulho do seu compromisso de longa data em relação à promoção da diversidade, aceitação e inclusão. Nós opomo-nos veementemente a qualquer tipo de descriminação em relação a seja quem for. A IBM apoia firmemente todos os seus empregados e esforça-se por atrair, reter e desenvolver os melhores e mais inteligentes talentos diversos para atingir o objetivo da nossa empresa – sermos essenciais.”

A história da IBM como acérrima defensora dos direitos LGBT+ remonta aos anos 80 quando a orientação sexual passou a estar incluída na política de não-discriminação da companhia. Foi no ano de 1997 que estendeu os benefícios aos parceiros/parceiras do mesmo sexo aos seus empregados nos EUA. Neste momento esse tipo de benefícios já está em vigor em 53 países. A partir de 2003 recebeu uma pontuação de 100% no “Corporate Equality Index” da organização HRC, sendo que manteve essa mesma pontuação em todos os 13 anos que passaram desde então.

Este passo, mais um, no sentido de afirmar a sua posição em relação aos direitos LGBT+ é extremamente relevante até pelo contexto político que se vive neste momento nos EUA. Não podemos esquecer que a IBM é uma das empresas que participa na “Business Coalition for Equality”, um grupo de empregadores americanos que apoiam o “Equality Act”, uma legislação federal que pretende estender as proteções federais que já que existem para outros grupos às pessoas LGBT.

Estas 8 cores incluídas no novo logotipo da IBM basearam-se na criação original de Gilbert Baker a quem Harvey Milk pediu para criar um símbolo para o movimento cívico de luta pelos direitos LGBT em 1978. As 8 cores escolhidas por Baker representavam cada uma delas um aspecto distinto da humanidade. As primeiras bandeiras foram tingidas à mão e usadas na Marcha do Dia de Libertação Gay e Lésbico desse ano em São Francisco. Desde esse dia a bandeira do arco-íris tem sido usada por todos dentro e fora da comunidade LGBT como uma representação pacífica da diversidade, da igualdade e da justiça. Assim a IBM que tem celebrado a diversidade ao longo dos mais de 100 anos da sua história, presta um tributo a Baker e aos quase 50 anos de luta do movimento pelos direitos das pessoas LGBT celebrando a humanidade em todos os seus aspectos:

8_bar_logo_colors-ibm-lgbt-escrever-gay

Será com enorme e renovado orgulho que a IBM marcará presença nos desfiles do Orgulho LGBT um pouco por todo o mundo – não esquecendo o WorldPride em Madrid no dia 1 de Julho de 2017, no qual empregados da empresa de todos os cantos da Europa participarão naquela que se espera que seja a maior delegação de sempre da empresa em desfiles deste tipo.

Advertisements