Anunciadas Primeiras Novidades do Queer Lisboa 21 e Queer Porto 3

Foram hoje anunciadas as primeiras novidades para o Queer Lisboa 21 e Queer Porto 3, que têm lugar entre 15 e 23 de Setembro e 4 e 8 de Outubro, respetivamente.

Para a vigésima primeira edição do mais antigo ciclo de cinema de Lisboa, irá realizar-se uma compreensiva retrospetiva de Shu Lea Cheang. Natural de Taiwan, a artista e realizadora tem visto os seus trabalhos multimédia expostos em lugares como o Guggenheim ou o Whitney Museum e foi responsável por um filme feito propositadamente para o World Pride de Madrid deste ano, Wonders Wander (na foto em destaque), que se debruça sobre a nova onda de ativistas nos quais se incluem refugiados e transfeministas. A sua obra terá palco central não só nos Cinemas São Jorge mas também no Museu Nacional de Arte Contemporânea (MNAC). O Queer Lisboa 21 verá na sua abertura a exibição de God’s Own Country de Frank Lee, premiado em Sundance e Berlim e que proporciona um retrato da homossexualidade num meio rural mais isolado.

Para a sua terceira edição da capital mais a norte, foi escolhido dar destaque a Peter Friedman, incontornável realizador do cinema queer documental autobiográfico na terrível época do VIH no início dos anos 90. Na programação dedicada ao realizador terão também lugar exibições de filmes de Barbara Hammer, Robert Mapplethorpe e Jonathan Caouette. No encerramento, e numa sessão especial em Lisboa com a presença do realizador, será exibido 1:54 do canadiano Yan England, que aborda o bullying na escola e na família. No Queer Porto 3, à semelhança dos anos anteriores, terá lugar no Teatro Rivoli com várias actividades paralelas na malavoadora.porto, Maus Hábitos e Wrong Weather.

Anúncios