Super Bowl: P!nk Canta Hino, Justin Regressa Ao Palco E A Coca-Cola Maravilha-Nos

Esta é a noite do Super Bowl nos Estado Unidos, um dos maiores eventos desportivos mundiais com audiências a rondar a centena de milhões. E se para a generalidade das pessoas no resto do mundo é um evento tão misterioso como o próprio futebol americano, a verdade é que nos últimos anos o evento tem recebido mais atenção internacional com uma forte aposta no espectáculo do intervalo do jogo.

Nomes como Madonna, Beyoncé ou Katy Perry elevaram nos últimos anos a fasquia do intervalo mais famoso do mundo. E se este ano teremos P!nk a cantar A Bandeira Estrelada e Justin Timberlake de regresso ao palco, depois da polémica performance com Janet Jackson em 2004 – que já anunciou que não vai participar no espetáculo no que poderia ser uma redenção para Timberlake, visto que na altura deixou a cantora ser o alvo de todas as críticas. Mas agora é a Coca-Cola que volta a dar cartadas com os seus anúncios.

É certo que a marca de refrigerantes tem já um historial de celebração da diversidade nos seus anúncios – quem não se lembra do anúncio da família arco-íris ou da competição entre irmã e irmão pela atenção de um poolboy? – e no maior evento televisivo dos estados unidos volta a apostar na mensagem.

Entitulado The Wonder Of Us, ou A Nossa Maravilha, o anúncio que será transmitido no intervalo do Super Bowl – por regra o mais visto do ano nos Estados Unidos – foca-se na diversidade de fãs da marca. Entre dezenas de pessoas que aparecem no anúncio que conta com um minuto de extensão, surge uma pessoa não binária [no topo] e um casal lésbico [acima].

O mundo está cheio de 7 mil milhões de pessoas únicas e especiais, cada uma da sua particular forma“. Com uma garafa de Coca-Cola na mão ou não, é assim mesmo o nosso mundo maravilhoso, vejam:

Anúncios