Igreja Evangélica portuguesa organiza palestra sobre ‘Ideologia de Género’ em Junta de Freguesia do CDS

A Igreja Evangélica no Silveiro está a organizar uma palestra sobre essa malfadada ‘Ideologia de Género‘. “Evidências científicas. Raízes filosóficas. Uma análise cristã.” Assim se apresenta este simpósio – em jeito de blockbuster de Verão – daquela que é já a 2ª Conferência desta moderna Igreja Evangélica. Para quem não sabe as Igrejas Evangélicas são aquelas que impõem uma dízima aos seus fiéis. Como a Igreja Universal do Reino de Deus ou a Igreja Maná, que fariam corar Charles Manson enquanto reviravam os olhos em êxtase divino e estrebucham em passadeiras estendidas em tendas. Mas estou a ir depressa demais.

Esta honrada palestra irá ser encabeçada pelo Mestre Psicólogo Joel Oliveira, secretário do Grupo Bíblico Universitário, onde desenvolve um trabalho tão exaustivo com estudantes universitários que seriam a única coisa que levava para uma ilha deserta. Mas essa tarefa mui nobre está estranhamente interditada do seu LinkedIn. Omissão bizarra porque, num video encontrado no YouTube de um workshop denominado “Desenvolver uma teologia da área científica profissional“, afirma: “Tento que a minha fé seja a base de tudo o que faço na minha vida profissional“. Porque não há nada mais científico que misturar religião com pseudo-ciência de forma a ir de encontro aos evangelhos, que ainda estão na sua versão beta há quase dois mil anos. Decerto que a senhora Vilaça aprovaria. Titia Vilaça, provavelmente.

Mas Joel insiste na vertente científica. Até porque quando Deus diz nos Génesis a Adão e Eva para “dar nomes a todos animais” está a invocar um ramo primitivo da sistemática e da taxonomia. Um Lineu das cavernas, vá. Não é também de admirar que esta conferência venha ter lugar no auditório da Junta de Freguesia de Oiã, cujo mandatário é militante do CDS-PP, partido que ultimamente teve muito que dizer acerca destas modernices da identidade de género. Partido esse que acusou a esquerda de fazer avançar a sua agenda política de forma pouco própria. E que agora o decide fazer através de uma Igreja Evangélica.

Na realidade a Ideologia de Género é também ela uma espécie de Igreja Evangélica, mas a Igreja inimiga, a Igreja dos esquerdalhos. Mesmo que ninguém que se posicione, partidariamente ou não, à esquerda alguma vez use a expressão ‘Ideologia de Género’. Na realidade, é algo que não existe de todo no campo académico ou da investigação científica. Quer-se propositadamente confundir ‘ideologia de género’ e identidade de género. E Deus sabe que a Igreja é tão amiga da igualdade. Mais areia para os olhos dos mais incautos, que são cada vez mais e mais vocais. Aí a direita continua a ser perigosa. Especialmente quando mistura propositadamente ciência e religião. É perigoso. Quase tanto como a possibilidade de um Presidente da República se ausentar de eventos de Estado para ir ao Vaticano chillar com o Papa.


A processar… ⏱
Sucesso! 🌈
Anúncios

One comment

  1. O seu texto está eivado de equívocos e de posições mal fundadas do ponto de vista intelectual.
    Exemplos: associar o evangelicalismo ao dízimo, confundir evangelicalismo com denominacionalismo, pretender separar o que não é separável, juntar o que não é de juntar, interpretar a cedência de uma sala de uma junta de freguesia como um acto fundamentalmente político, escrever ir de encontro à quando devia ser ir ao encontro… Um pouco mais de reflexão não lhe faria mal.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s