Homofobia Internet Política

Comunidade LGBTI Reinvidica hashtag #PROUDBOYS para combater grupo racista nos Estados Unidos

Um dos momentos-chave da corrida às presidenciais americanas foi o momento em que Donald Trump recusou renunciar o apoio de grupos de extrema-direita e de índoles racistas e homofóbicas como os Proud Boys. Disse “recuem e aguardem”, numa clara mensagem de apoio e adesão ao contra-movimento que estes grupos têm vindo a tomar enquanto anti-manifestantes dos protestos #BlackLivesMatter. Infelizmente, graças ao Presidente atual dos Estados Unidos da América, este grupo militarizado de ódio veio a ganhar destaque e apoio deste então, com muitos antigos e (novos) membros a manifestarem o seu apoio com o uso da hashtag #ProudBoys.

Eis que surge a comunidade LGBTI. George Takei, estrela da série Star Trek e ícone dos direitos das pessoas LGBTI, tweetou no início do mês um apelo que a comunidade de fãs de K-Pop e membros do TikTok, que têm sido uma força inesperada no combate ao racismo e homofobia, usasse a hashtag #ProudBoys para representar homens gay a mostrar o seu orgulho e assim reivindicar a hashtag odiosa para algo positivo e comemorativo. Um exemplo incrível de como combater o fascismo e a intolerância nas redes sociais e assim silenciar o ódio que por elas reina.

#ProudBoys esteve em discussão no Podcast Dar Voz A esQrever 🎙🏳️‍🌈

Fonte: PinkNews


1 comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: