Cinema Coming Out Cultura Desporto Direitos Notícias Política Queer Lisboa + Porto Trans

Prémios Arco-Íris 2020: Eis quem venceu os troféus!

Numa estreia em televisão justificada pela pandemia, a cerimónia dos Prémios Arco-Íris 2020, promovida pela ILGA Portugal, foi transmitida na sexta-feira no Canal Q. A cerimónia contou com a apresentação de Rui Maria Pêgo e Jenny Larrue e as performances de Babaya Samambaia e Marinho.

Devido ao novo formato, os nomes das pessoas e entidades vencedoras foram apresentados somente durante a transmissão da cerimónia dos Prémios que poderão rever aqui. Ei-los:

Ana Tulha
Reportagem Homossexualidade no desporto: “Tenho adversários que me dizem ‘olha aí, ó paneleiro'” que tornou óbvio como no desporto a homossexualidade continua a ser questão votada ao silêncio. Por trás dele, escreveu, “escondem-se histórias de medos e angústias, de gozo e insultos, de vidas duplas e sofrimentos múltiplos. O caminho“, prossegue, “faz-se de ínfimos passos, num ritmo bem mais lento do que o que vamos vendo noutros países.”

Bernardo Mendonça:
Destaque para a reportagem Casas que salvam vidas LGBTI que retratou como a violência sobre a comunidade LGBTI está a aumentar e, como resposta, abriu portas em Lisboa uma casa de abrigo para pessoas trans imigrantes. Ou ainda a entrevista a Diogo Infante no podcast “A Beleza das Pequenas Coisas” do Expresso.

Maria João Vaz tornou-se um ícone da publicidade quando, em 1995, popularizou a expressão “‘Tou xim? É p’ra mim!” Apresentou-se em 2020 como uma orgulhosa mulher trans no programa ‘A Tarde É Sua’. “Tenho a certeza que, por aí, neste país e neste mundo, haverá muitas pessoas que são como eu e estão à espera de ter uma epifania que as faça revelar.“ Acredita que a discussão pública sobre este processo de mudança e de aceitação é “importantíssimo”. “Nós existimos, somos seres humanos e sentimos como outros quaisquer”, rematou.

Os Prémios Arco-Íris 2020 estiveram em análise no Podcast Dar Voz A esQrever 🎙🏳️‍🌈

Câmara Municipal da Lousã:
Dia da Memória Trans O edifício dos Paços do Concelho na Lousã esteve no dia 20 novembro de 2020 iluminado com as cores rosa, azul e branco para assinalar a importância de respeitar os cidadãos e cidadãs transgénero e a urgência de cessar os crimes de ódio.

25 anos do Queer Lisboa – Festival Internacional de Cinema Queer, um dos mais importantes fóruns europeus de cinema queer internacional. É o festival de cinema mais antigo da cidade de Lisboa, tendo começado em 1997.

Prémio rede ex aequo: Estudo Effects of the COVID-19 pandemic on LGBTQ adolescents and young adults in Portugal
Quando a casa não é um porto seguro: Efeitos da pandemia COVID-19 em adolescentes e jovens adultos LGBTQ em Portugal: As situações de quarentena têm efeitos deletérios na saúde mental da população geral, mas é de esperar que as pessoas LGBTQ (lésbicas, gays, bissexuais, transgénero e queer) sejam ainda mais afetadas. Objetivámos investigar em que medida os efeitos psicossociais da pandemia do COVID-19 estão associados a mudanças na saúde mental de adolescentes e jovens adultos LGBTQ.

Prémio AMPLOS: Sandra Saleiro, investigadora e professora no departamento de sociologia do ISCTE tem sido uma das vozes que mais tem promovido a igualdade de género e defendido os direitos das pessoas trans em Portugal. Também em 2020, em contexto de pandemia, a especialista em género contribuiu ativamente para o reforço dos grupos de apoio de Encontro de Pais e Mães de Jovens Trans.


T7 | Ep.4 – Industry Baby: Extrema-Direita VS Pessoas LGBTI, em Portugal e na Hungria Dar Voz a esQrever: Pluralidade, Diversidade e Inclusão LGBTI 🎙🏳️‍🌈

O octogésimo oitavo episódio do Podcast Dar Voz A esQrever 🎙️🏳️‍🌈 é apresentado por nós, Pedro Carreira e Nuno Gonçalves. Marcamos o início com as noitadas até às 23h mas passamos logo para os alegados crimes de ódio homobófico por parte de um dirigente do Chega e depois para a vontade de Viktor Orbán fazer um referendo na Hungria como resposta ao ultimato da União Europeia. Ainda falamos da Associação Variações antes de Dar Voz A… Greta, livraria feminista, Lil Nas X e o seu novo flex para a indústria e também à diversidade nos Jogos Olímpicos. Ah, e o Sawyer canta em alemão. Desculpem. Para participarem e enviar perguntas que queiram ver respondidas no podcast contactem-nos via Twitter e Instagram (@esqrever) e para o e-mail geral@esqrever.com. E nudes já agora, prometemos responder a essas com prioridade máxima. Podem deixar-nos mensagens de voz utilizando o seguinte link, aproveitem para nos fazer questões, contar-nos experiências e histórias de embalar: https://anchor.fm/esqrever/message 🗣 – Até já unicórnios 🦄 Música por Lil Nas X (feat. Jack Harlow); Jingle por Hélder Baptista 🎧 Este Podcast faz parte do movimento #LGBTPodcasters 🏳️‍🌈
  1. T7 | Ep.4 – Industry Baby: Extrema-Direita VS Pessoas LGBTI, em Portugal e na Hungria
  2. T7 | Ep.3 – I Wanna Be Your Slave: Mj Rodriguez brilha nos Emmys, Ursula von der Leyen aperta com eles e Pride nos Jogos Olímpicos
  3. T7 | Ep.2 – La Solitudine: Goucha non grata e onda de homofobia dopo Pride

O Podcast Dar Voz A esQrever 🎙🏳️‍🌈 está disponível nas seguintes plataformas:
👉 Spotify 👉 Apple Podcasts 👉 Google Podcasts 👉 Pocket Casts 👉 Anchor 👉 RadioPublic 👉 Overcast 👉 Breaker 👉 Podcast Addict 👉 PodBean 👉 Castbox 👉 Deezer

1 comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: