Género Internet Opinião Trans

Transfobia nunca será super

Movimento online afirma-se como nova identidade sexual, "super hétero" (ou "Super Straight"). O problema? Não passa de mais um movimento transfóbico.

Fui chamado à atenção pelo Diogo Pereira [ver abaixo] pelo surgimento de um movimento online que se apelida “Super Straight” (ou ‘Super Hétero’). O nome, desde logo, disparou sirenes de aviso. Super Hétero? Quão mais hétero precisa alguém ser quando inserido na população maioritária? Quão frágil é a sua heterossexualidade que precisa ser super?

Nos últimos dias, um grupo de pessoas tem-se referido abertamente a si mesmo como “super heterossexual”, viralizando a expressão em várias redes sociais como o Tik Tok e contando com o apoio de fóruns “ninhos de ódio” como o #4chan. O termo refere-se a uma preferência cuja pessoa mostra atração exclusiva pelo género oposto, com exclusão das pessoas trans. Repito, com exclusão das pessoas trans. Este parece ser, aliás, o ponto de todo este grupo cujos membros afirmam viver uma nova orientação sexual. Ou seja, sentem-se atraídos unicamente por mulheres cisgénero e, ao mesmo tempo, invalidam as mulheres trans. E isso é problemático.

Problemático que é como quem diz transfóbico, porque é a afirmação de uma pseudo-orientação sexual que descarta, minora e ataca a população trans, uma população que já é amplamente descartada, minorada e atacada. Tal como o falhado pseudo orgulho hétero, não há aqui qualquer orgulho. Há apenas a tentativa de inverter uma narrativa em que é a população cis e hétero a que é perseguida e discriminada no mundo, quando sabemos muito bem que é precisamente o contrário que acontece.

Os movimentos transfóbicos estiveram em discussão no Podcast Dar Voz A esQrever 🎙🏳️‍🌈

E é por isso que esta tentativa de reescrever a história não pega e é perigosa. Porque o ódio tem consequências reais e, em último caso, mata. Importa, pois, percebermos a diferença entre escolha e orientação. Importa percebermos o que nos leva a sentir atração por alguém e desconstruir quaisquer preconceitos que nos condicionem. Importa ainda percebermos a necessidade de afirmarmos algo em detrimento de um grupo já de si marginalizado. Porque, no fim de contas, importa percebermos as consequências desses atos e o alvo dos mesmos.

Neste caso e noutros similares que de tempos a tempos surgem, não nos enganemos, o seu alvo são as pessoas LGBTI no geral e, neste caso em particular, as pessoas trans. Quando o alvo é tão claro, não há forma de esconder tão clara transfobia. E não há nada, absolutamente nada, de super nisso.


T7 | Ep.4 – Industry Baby: Extrema-Direita VS Pessoas LGBTI, em Portugal e na Hungria Dar Voz a esQrever: Pluralidade, Diversidade e Inclusão LGBTI 🎙🏳️‍🌈

O octogésimo oitavo episódio do Podcast Dar Voz A esQrever 🎙️🏳️‍🌈 é apresentado por nós, Pedro Carreira e Nuno Gonçalves. Marcamos o início com as noitadas até às 23h mas passamos logo para os alegados crimes de ódio homobófico por parte de um dirigente do Chega e depois para a vontade de Viktor Orbán fazer um referendo na Hungria como resposta ao ultimato da União Europeia. Ainda falamos da Associação Variações antes de Dar Voz A… Greta, livraria feminista, Lil Nas X e o seu novo flex para a indústria e também à diversidade nos Jogos Olímpicos. Ah, e o Sawyer canta em alemão. Desculpem. Para participarem e enviar perguntas que queiram ver respondidas no podcast contactem-nos via Twitter e Instagram (@esqrever) e para o e-mail geral@esqrever.com. E nudes já agora, prometemos responder a essas com prioridade máxima. Podem deixar-nos mensagens de voz utilizando o seguinte link, aproveitem para nos fazer questões, contar-nos experiências e histórias de embalar: https://anchor.fm/esqrever/message 🗣 – Até já unicórnios 🦄 Música por Lil Nas X (feat. Jack Harlow); Jingle por Hélder Baptista 🎧 Este Podcast faz parte do movimento #LGBTPodcasters 🏳️‍🌈
  1. T7 | Ep.4 – Industry Baby: Extrema-Direita VS Pessoas LGBTI, em Portugal e na Hungria
  2. T7 | Ep.3 – I Wanna Be Your Slave: Mj Rodriguez brilha nos Emmys, Ursula von der Leyen aperta com eles e Pride nos Jogos Olímpicos
  3. T7 | Ep.2 – La Solitudine: Goucha non grata e onda de homofobia dopo Pride

O Podcast Dar Voz A esQrever 🎙🏳️‍🌈 está disponível nas seguintes plataformas:
👉 Spotify 👉 Apple Podcasts 👉 Google Podcasts 👉 Pocket Casts 👉 Anchor 👉 RadioPublic 👉 Overcast 👉 Breaker 👉 Podcast Addict 👉 PodBean 👉 Castbox 👉 Deezer

1 comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: