Isabela Sousa, campeã mundial de bodyboard, sai do armário : “Esse momento é especial: sim, eu gosto de meninas”

Pormenor da imagem do Instagram de Isabela.

Nascida em Fortaleza no Brasil, Isabela Sousa é tetra campeã mundial de bodyboard e representa atualmente o GD Estoril Praia. Hoje, no último dia do Mês do Orgulho, saiu orgulhosamente do armário.

Em todo meu processo passei por altos e baixos. Como qualquer pessoa que pertence a comunidade LGBTQIA+ também tenho minhas histórias de homofobia dentro e fora do esporte“, comenta no seu Instagram.

Mas este foi o dia escolhido para se libertar publicamente de qualquer hesitação: “Esse momento é especial: sim eu gosto de meninas 💕👭☺️🌈

Num mês que se propõe a celebrações e memórias do percurso da luta pelos direitos das pessoas LGBTI feito até aos dias de hoje, Isabela recorda “que ainda há muito caminho pela frente“, mas lembra à “galera e malta LGBTQIA+ que tamo junto!!

Isabela pede igualmente a quem não pertence à comunidade LGBTQIA+ que se informe, dado que “o preconceito vem sempre acompanhado de uma falta de conhecimento sobre o assunto” e porque, no final de tudo, “a homofobia machuca, agride e mata.”

Isabela Sousa termina desejando Orgulho todo o ano: “Que mais ondas de amor e empatia venham bater nas nossas praias não só na época de ondas boas mas no ano inteiro 🌈🙌🏽🌊


Ep.138 ESPECIAL: Opiniões sobre comunidade LGBTI+ com Cairo Braga, André Tecedeiro, Luísa Semedo e Pedro Carreira Dar Voz a esQrever: Notícias, Cultura e Opinião LGBTI 🎙🏳️‍🌈

Episódio ESPECIAL: Opiniões sobre comunidade LGBTI+ com Cairo Braga, André Tecedeiro, Luísa Semedo e Pedro Carreira. Cairo Braga tem neste episódio especial o duplo-papel de pessoa convidada e moderadora de uma conversa sobre a série de artigos de opinião que surgiram nos últimos dias sobre as identidades e vivências da comunidade LGBTI+… escritas quase na totalidade por homens heterossexuais, cisgénero, brancos e de meia idade. Para tal, juntam-se a Cairo o André Tecedeiro, a Luísa Semedo e o Pedro Carreira para uma conversa na primeira pessoa sobre este ataque, aproveitamento e obsessão que algumas pessoas comentaristas têm para falar da comunidades LGBTI+. A não perder! Artigos por pessoas LGBTI+ mencionados no episódio: A chave do armário e o orgulho da invisibilidade (por Luísa Semedo) De onde vem o que julga saber? Já conversou com pessoas trans e não-binárias? (por André Tecedeiro) O bullying dos opinion-makers (por Ana Aresta) Destransição: Dos mitos aos factos (por Pedro Carreira) Sigam e descubram o trabalho de: Cairo Braga André Tecedeiro Luísa Semedo Música por Fado Bicha: Fado Alice (com Alice Azevedo); Jingle por Hélder Baptista 🎧 Este Podcast faz parte do movimento #LGBTPodcasters 🏳️‍🌈 Para participarem e enviar perguntas que queiram ver respondidas no podcast contactem-nos via Twitter e Instagram (@esqrever) e para o e-mail geral@esqrever.com. E nudes já agora, prometemos responder a essas com prioridade máxima. Podem deixar-nos mensagens de voz utilizando o seguinte link, aproveitem para nos fazer questões, contar-nos experiências e histórias de embalar: https://anchor.fm/esqrever/message 🗣 – Até já unicórnios 🦄
  1. Ep.138 ESPECIAL: Opiniões sobre comunidade LGBTI+ com Cairo Braga, André Tecedeiro, Luísa Semedo e Pedro Carreira
  2. Ep.137 – Becoming All Alone: Homens Cisgenerais, Telescópio Homofóbico e Queer Lisboa 26
  3. Ep.136 – Break My Soul: Padre em apuros e Friends redimidos

O Podcast Dar Voz A esQrever 🎙🏳️‍🌈 está disponível nas seguintes plataformas:
👉 Spotify 👉 Apple Podcasts 👉 Google Podcasts 👉 Pocket Casts 👉 Anchor 👉 RadioPublic 👉 Overcast 👉 Breaker 👉 Podcast Addict 👉 PodBean 👉 Castbox 👉 Deezer