Autárquicas: Candidato das listas do PS acusado de comentário homofóbico contra adversário do PSD

Comentário homofóbico proferido por Paulo Karussa, candidato à Câmara de Vila Real de Santo António pelas listas do Partido Socialista, referiu-se ao líder da candidatura do PSD, Luís Gomes, como “panasca” em comentários no Facebook.

Os sociais democratas repudiaram “veementemente a atitude homofóbica“, num comunicado onde exigem também à “candidatura do Partido Socialista, liderada por Álvaro Araújo, uma tomada de posição pública sobre esta atitude“. Referem ainda que “a homofobia é um crime grave e deve ser denunciado às autoridades competentes, de forma a responsabilizar os autores e defender as liberdades e garantias de um estado de direito democrático“.

Luís Gomes, que foi presidente da Câmara de Vila Real de Santo António até 2017, publicou uma imagem nas redes sociais onde afirma que “cada um tirará as devidas ilações“:

Paulo Karussa, autor da publicação, lamentou os comentários feitos e assumiu a responsabilidade pelo sucedido. “Reconheço que desta vez excedi-me num comentário que fiz, pelo que lamento o sucedido“, escreveu.

Karussa assegurou que não é homofóbico, disse que utilizou a palavra para designar “alguém insignificante” e que se prontificou a “sair” das listas para evitar “aproveitamento político” do PSD e “desviar as atenções” dos problemas do município. Mas Álvaro Araújo, cabeça de lista do PS, segurou-o. “Não poderia afastar um elemento por uma palavra infeliz que foi descontextualizada“, assegurando que já “pediu desculpa” ao adversário.

Num novo episódio em que persiste a normalização do discurso de ódio em campanhas políticas, este é já pelo menos o quarto episódio em que as futuras eleições autárquicas se vêem envolvidas em polémicas devido a teor homofóbico. Em maio passado, Rafael Corte Real, candidato à Câmara de Gondomar pela Iniciativa Liberal foi acusado de insultar várias pessoas e recebeu, após denúncias, o apoio do partido; em julho, o mesmo aconteceu com o CHEGA após candidato a Viseu, Pedro Calheiros, ter participado no insulto e agressão de um homem; e já no mês passado foi denunciada a hipocrisia de João Paulo Gaspar, do mesmo partido.


Ep.130 – Crónica do maxo discreto: Rescaldo da Eurovisão, Mapa Arco-Íris da Europa e Papa Francisco volta a lançar areia para os olhos Dar Voz a esQrever: Notícias, Cultura e Opinião LGBTI 🎙🏳️‍🌈

O centésimo vigésimo oitavo episódio do Podcast Dar Voz A esQrever 🎙️🏳️‍🌈 é apresentado por nós, Pedro Carreira e Nuno Gonçalves. Depois de fazermos um pequeno rescaldo da Eurovisão, falamos sobre o Mapa Arco-Íris da Europa realizado pela ILGA Europe e onde Portugal caiu na sua posição face a 2021. Depois continuamos a falar sobre Lisboa e Algarve que terão duas unidades de saúde especializadas para pessoas trans e em como o Papa Francisco volta a lançar areia para os olhos. Ainda há espaço para recomendações televisivas do Doctor Who, Yellowjackets e no cinema de What Lies Beneath. Não percam! Para participarem e enviar perguntas que queiram ver respondidas no podcast contactem-nos via Twitter e Instagram (@esqrever) e para o e-mail geral@esqrever.com. E nudes já agora, prometemos responder a essas com prioridade máxima. Podem deixar-nos mensagens de voz utilizando o seguinte link, aproveitem para nos fazer questões, contar-nos experiências e histórias de embalar: https://anchor.fm/esqrever/message 🗣 – Até já unicórnios 🦄 Música de Fado Bicha; Jingle por Hélder Baptista 🎧 Este Podcast faz parte do movimento #LGBTPodcasters 🏳️‍🌈
  1. Ep.130 – Crónica do maxo discreto: Rescaldo da Eurovisão, Mapa Arco-Íris da Europa e Papa Francisco volta a lançar areia para os olhos
  2. Ep.129 – Stefania (COM SARA RAQUEL): Eurovisão 2022!?!!!
  3. Ep.128 – Vai Tudo Passar Amanhã: Psicologia do Coming Out, Harry Styles e Queer Baiting

O Podcast Dar Voz A esQrever 🎙🏳️‍🌈 está disponível nas seguintes plataformas:
👉 Spotify 👉 Apple Podcasts 👉 Google Podcasts 👉 Pocket Casts 👉 Anchor 👉 RadioPublic 👉 Overcast 👉 Breaker 👉 Podcast Addict 👉 PodBean 👉 Castbox 👉 Deezer