ILGA Portugal e Ködö lançam campanha “A Família Escolhe Sempre o Amor”

A Associação ILGA Portugal – Intervenção Lésbica, Gay, Bissexual, Trans e Intersexo e a Ködö lançaram uma campanha de sensibilização sobre a importância da igualdade, da integração e aceitação da diversidade pelas redes familiares e de amizade para o bem-estar e resiliência emocional e psicológica das pessoas lésbicas, gays, bissexuais, trans e intersexo (LGBTI+), no âmbito do projeto de responsabilidade social Ködö World Care.

Esta campanha pretende mudar as narrativas de isolamento tantas vezes associada às pessoas LGBTI+ e às suas relações familiares, e apresentar uma história e uma mensagem positivas, nas quais o amor é o ponto central da narrativa, mostrando que a família, seja ela biológica ou de escolha, é uma parte fundamental para a felicidade, empoderamento e visibilidade da comunidade. 

Esta altura do ano pode, de facto, ser uma altura particularmente difícil para estas pessoas, que se vêem frequentemente privadas de afetos e rede de suporte.

É neste contexto que a mais antiga associação pelos direitos das pessoas LGBTI+ em Portugal afirma ser urgente contrariar estas realidades através de um reforço de valores e experiências positivas, de normalização daquela que deveria ser a mensagem universal de liberdade, amor e aceitação, assegurando às pessoas LGBTI+:

– O direito à igualdade e à inclusão em todas as áreas das suas vidas;
– O direito a espaços e serviços (públicos e privados) seguros, dignos e confortáveis;
– O direito à pertença comunitária e familiar (biológica ou de escolha);
– O direito à visibilidade e à existência plena.

Toda a campanha foi realizada por pessoas voluntárias, desde o trabalho criativo de Ködö, até às pessoas que figuraram, filmaram, produziram, cederam espaços e maquilharam. A mensagem é também assinada por três associações parceiras da ILGA Portugal, a Amplos, a Avó Veio Trabalhar e a Queer Tropical, num esforço de intersecionalidade e de mostrar que esta é uma mensagem humana e não apenas válida para uma determinada comunidade.

O vídeo pode ser visto de seguida:


Ep.143 – Ding Dong: Gais en Barcelona, Trixie & Katya e Dia da Memória Trans Dar Voz a esQrever: Notícias, Cultura e Opinião LGBTI 🎙🏳️‍🌈

O centésimo QUADRAGÉSIMO TERCEIRO episódio do Podcast Dar Voz A esQrever 🎙️🏳️‍🌈 é apresentado por nós, Pedro Carreira e Nuno Gonçalves. O Nuno tinha acabado de chegar de Barcelona e incorreu em todo um ensaio filosófico sobre as diferenças entre as Gais de Barcelona e as de Lisboa e a homofobia internalizada que ainda vivemos no nosso país, Grindr incluído. Falou também do drag espanhol antes de se babar com o espectáculo ao vivo Trixie & Katya Live, as drag queens que considera suas mães. Mas também falámos de assuntos sérios como o Dia Da Memória Trans e o Pedro ainda conseguiu Dar Voz A… Dead To Me. Artigos mencionados no episódio: Dia da Memória Trans: 327 mortes no último ano em todo o mundo, mas a maioria não é relatada Música por Katya Zamolodchikova, Jingle por Hélder Baptista 🎧 Este Podcast faz parte do movimento #LGBTPodcasters 🏳️‍🌈 Para participarem e enviar perguntas que queiram ver respondidas no podcast contactem-nos via Twitter e Instagram (@esqrever) e para o e-mail geral@esqrever.com. E nudes já agora, prometemos responder a essas com prioridade máxima. Podem deixar-nos mensagens de voz utilizando o seguinte link, aproveitem para nos fazer questões, contar-nos experiências e histórias de embalar: https://anchor.fm/esqrever/message 🗣 – Até já unicórnios 🦄
  1. Ep.143 – Ding Dong: Gais en Barcelona, Trixie & Katya e Dia da Memória Trans
  2. Ep.142 – ESPECIAL AO VIVO PODES: Economia Gay, Qatar e a importância dos Podcasts nas comunidades minoritárias
  3. Ep.141 – Milk Milk Lemonade: Twitter de Elon Musk, Daniel Radcliffe vs J.K. Rowling e Queer Porto 8

O Podcast Dar Voz A esQrever 🎙🏳️‍🌈 está disponível nas seguintes plataformas:
👉 Spotify 👉 Apple Podcasts 👉 Google Podcasts 👉 Pocket Casts 👉 Anchor 👉 RadioPublic 👉 Overcast 👉 Breaker 👉 Podcast Addict 👉 PodBean 👉 Castbox 👉 Deezer