Diego Bragà lança “Geografia do Amor” e prepara performances ao vivo

Do Brasil para Lisboa, “Geografia do Amor” é a primeira incursão musical e autoral de Diego Bragà, cujo percurso artístico passa pela performance, dança e teatro. Agora, na sua estreia na música e na autoria, Diego arrisca numa aventura avant-pop composta por dois temas trabalhados em conjunto com o lendário produtor Chico Neves, responsável por álbuns de Milton Nascimento, Gilberto Gil, Arnaldo Antunes e Los Hermanos.

Perfume da Luz” e “Fogo de Amor” compõem o single-duplo de estreia, dois temas que transpiram dores de crescimento ao mesmo tempo que propõem ser uma celebração da vida e da morte. Fruto da herança deixada pelo seu tio Ricardo Wagner Braga que, na infância, a perseguia pela casa vestido de bruxa, “Geografia do Amor” é um legado em forma de arquivos pessoais, coleccionados durante as décadas de 70, 80 e 90, cujo recorte geográfico contempla 17 estados brasileiros e 14 países, entre postais, cartas de amor e fotografias, e que hoje se prolonga em formato canção.

“Geografia do Amor” participou no seu formato filme no Sundance Film Festival, o mesmo que está em destaque também no Op-Docs do The New York Times – a premiada série de mini documentários realizados por cineastas independentes – Bragà assume agora o palco como casa natural do projecto e anunciou as datas da performance que completam esta sua grande estreia na música e na autoria.

Dias 10, 11 e 12 de fevereiro, na Rua das Gaivotas 6, em Lisboa, “Geografia do Amor” ganha vida como grande celebração performática, qual conto de fadas, dos nossos ancestrais queer.

Num espectáculo onde mistura música, dança e teatro, Diego Bragà, acompanhada pela dupla de músicos Rui Lima e Sérgio Martins, propõe uma viagem melodramática por este grande atlas catártico, libertador e mágico, pleno de afectos e sensibilidade, que bebe toda a influência nas memórias e nos arquivos pessoais deixados em herança pelo tio, aquele que a perseguia pela casa em criança vestido de bruxa. Postais, cartas de amor, fotografias, folhas de diários, cartões-postais, santinhos de morte, entre outros objectos que contemplam uma rota que percorre 17 estados brasileiros e 14 países, tantas paragens como as aventuras de Ricardo. Em suma, parte do conteúdo de uma caixa cheia de recordações para tentar uma cartografia actualizada, festiva e erótica do mundo.

Os espectáculos contam com pintura cenográfica de Martîm e desenho de luz de Filipe Pureza.

10, 11 e 12 fevereiro
Rua das Gaivotas 6 – Lisboa
Preço: €8.
COMPRAR BILHETES


Ep.154 – Limites do “Humor”, Saúde e Cinema Trans e Bill & Frank Dar Voz a esQrever: Notícias, Cultura e Opinião LGBTI 🎙🏳️‍🌈

O CENTÉSIMO QUINQUAGÉSIMO QUARTO episódio do Podcast Dar Voz A esQrever 🎙️🏳️‍🌈 é apresentado por nós, Pedro Carreira e Nuno Gonçalves. O tema principal é novamente a discussão atual e decorrente sobre os limites do humor (ou falta dele, não é Joana Marques?), mas falamos também de mais estudos que reforçam a importância do acesso aos cuidados de saúde para pessoas trans, uma curta metragem de Ary Zara e do penúltimo episódio de The Last of Us que conta a história gay de Bill e Frank no meio de um apocalipse zombie. Ainda falamos da Queen B não passar por Portugal e do piloto do Festival Política em Coimbra! Artigos mencionados no episódio: Dos limites do humor Novo estudo mostra como cuidados de afirmação de género são benéficos para a saúde mental de adolescentes trans ‘Um Caroço de Abacate’, de Ary Zara e com Gaya de Medeiros e Ivo Canelas, premiado duplamente em Festival Internacional de Curta-Metragem The Last Of Us mostra-nos dois homens de meia-idade a apaixonar-se: “É exatamente o mesmo amor” Festival Política estreia-se em Coimbra com Dino D’Santiago, Hugo van der Ding, “A Música Invisível” e workshop Jingle por Hélder Baptista 🎧 Este Podcast faz parte do movimento #LGBTPodcasters 🏳️‍🌈 Para participarem e enviar perguntas que queiram ver respondidas no podcast contactem-nos via Twitter e Instagram (@esqrever) e para o e-mail geral@esqrever.com. E nudes já agora, prometemos responder a essas com prioridade máxima. Podem deixar-nos mensagens de voz utilizando o seguinte link, aproveitem para nos fazer questões, contar-nos experiências e histórias de embalar: https://anchor.fm/esqrever/message 🗣 – Até já unicórnios 🦄
  1. Ep.154 – Limites do “Humor”, Saúde e Cinema Trans e Bill & Frank
  2. Ep.153 – Keyla Brasil, Eddie Redmayne e Tudo em Todo o Lado ao Mesmo Tempo
  3. Ep.152 – Nasci Maria: Tudo Sobre o Transfake, Festival da Canção 2023 e 40 anos de Madonna

O Podcast Dar Voz A esQrever 🎙🏳️‍🌈 está disponível nas seguintes plataformas:
👉 Spotify 👉 Apple Podcasts 👉 Google Podcasts 👉 Pocket Casts 👉 Anchor 👉 RadioPublic 👉 Overcast 👉 Breaker 👉 Podcast Addict 👉 PodBean 👉 Castbox 👉 Deezer