Ucrânia: “Não estamos apenas a lutar contra Putin, estamos também a lutar contra as forças homofóbicas internas”

Marcha do Orgulho de Kiyv (2019)

A bomba não pergunta qual é a nossa identidade, a bomba simplesmente cai“, explicou Lenny Ensom, diretor da Kiyv Pride.

Lenny não consegue dormir desde que a invasão da Ucrânia por parte da Rússia começou, já que o som dos bombardeamentos nunca está longe. Ainda esta semana, um prédio no seu distrito foi atingido.

É como a roleta russa, nunca sabemos onde a bomba vai parar.”

Como diretor do Kyiv Pride, ele dedicou grande parte da sua vida a lutar pelos direitos da comunidade LGBT+ da Ucrânia. Nas últimas semanas, o foco do seu trabalho mudou drasticamente e, de repente, luta para a comunidade conseguir obter alimentos e refúgio à medida que a guerra avança.

Neste momento, as muitas pessoas LGBTI que permanecem na Ucrânia estão apenas em modo de sobrevivência, mas a discriminação e as desigualdades persistem – houve relatos generalizados de racismo contra pessoas que estavam a tentar fugir do país e de pessoas trans (nomeadamente mulheres) não poderem deixar a Ucrânia ou passar por postos de controlo devido à sua documentação legal.

A segurança é primordial, explicou Lenny e há atores de extrema-direita na Ucrânia que ainda estão a visar a comunidade LGBTI+, mesmo em tempos de guerra: “Estão a atacar pessoas LGBTI+ durante a guerra e durante a invasão, e isso é absolutamente nojento“, disse. “Não estamos apenas a lutar contra Putin, estamos a lutar também contra as forças homofóbicas internas.”

Lenny Ensom (ao centro) e outras pessoas ativistas do Kyiv Pride.

O Kyiv Pride tem trabalhado intensamente nas últimas semanas para ajudar a população ucraniana: criou um grupo de conversa seguro para pessoas LGBTI, criou uma lista de lugares seguros onde as pessoas podem ficar no exterior e está a circular um formulário fácil de preencher para que se saiba quem precisa de ajuda.

A organização fez uma parceria com a Gay Alliance Ukraine para apoiar pessoas LGBTI+ que foram evacuadas das áreas vizinhas para que possam aceder a abrigos de emergência. Também está a ajudar a comunidade LGBTI+ local com acesso a apoio psicológico que funciona 24 horas por dia para garantir que as pessoas LGBTI+ permaneçam à tona.

Muitas pessoas colegas e amigas de Lenny optaram por permanecer na Ucrânia e algumas delas juntaram-se inclusive às unidades de defesa militar e territorial.

Aprecio que façam isso“, disse. “O nosso país precisa de nós agora e venceremos se ficarmos aqui e lutarmos contra a agressão russa. Se fugirmos da guerra, nada vai parar a invasão russa.”


Ep.144 – Chicken Teriyaki: Club Q, Propaganda Russa e Qatar Dar Voz a esQrever: Notícias, Cultura e Opinião LGBTI 🎙🏳️‍🌈

O centésimo QUADRAGÉSIMO QUARTO episódio do Podcast Dar Voz A esQrever 🎙️🏳️‍🌈 é apresentado por nós, Pedro Carreira e Nuno Gonçalves. Retomámos o tema dos perfis em branco no Grindr português antes de falar dos assuntos da semana: o atentando terrorista e assassinato de pessoas queer no Club Q no Colorado, da lei aprovada no Parlamento russo que descrimina ainda mais as pessoas LGBTI e todo o sururu que tem vindo a ser este flop de Mundial de Futebol no Qatar. No final acabamos por Dar Voz A… Drag Race UK e a uma nova rainha coroada. E quem de facto merecia a coroa. Artigos mencionados no episódio: Vítimas do atentado ao Club Q identificadas e suspeito enfrenta acusações de crime de ódio Parlamento russo aprova lei que proíbe “propaganda LGBT” entre pessoas adultas Qatar 2022: Confiscados chapéus arco-íris do País de Gales Qatar 2022: Alex Scott, comentadora e antiga jogadora profissional, usa braçadeira “One Love” durante cobertura da BBC Qatar 2022: Inglaterra pondera recuar no uso da braçadeira One Love após FIFA ameaçar com cartão amarelo Música por Rosalía, Jingle por Hélder Baptista 🎧 Este Podcast faz parte do movimento #LGBTPodcasters 🏳️‍🌈 Para participarem e enviar perguntas que queiram ver respondidas no podcast contactem-nos via Twitter e Instagram (@esqrever) e para o e-mail geral@esqrever.com. E nudes já agora, prometemos responder a essas com prioridade máxima. Podem deixar-nos mensagens de voz utilizando o seguinte link, aproveitem para nos fazer questões, contar-nos experiências e histórias de embalar: https://anchor.fm/esqrever/message 🗣 – Até já unicórnios 🦄
  1. Ep.144 – Chicken Teriyaki: Club Q, Propaganda Russa e Qatar
  2. Ep.143 – Ding Dong: Gais en Barcelona, Trixie & Katya e Dia da Memória Trans
  3. Ep.142 – ESPECIAL AO VIVO PODES: Economia Gay, Qatar e a importância dos Podcasts nas comunidades minoritárias

O Podcast Dar Voz A esQrever 🎙🏳️‍🌈 está disponível nas seguintes plataformas:
👉 Spotify 👉 Apple Podcasts 👉 Google Podcasts 👉 Pocket Casts 👉 Anchor 👉 RadioPublic 👉 Overcast 👉 Breaker 👉 Podcast Addict 👉 PodBean 👉 Castbox 👉 Deezer