Futebol: FIFA Multa Federações Por Cânticos Homofóbicos

A FIFA multou esta semana as federações de futebol de Argentina, México, Peru e Uruguai por comportamentos homofóbicos dos seus adeptos durante jogos de qualificação para o Mundial de 2018.

Em comunicado, a FIFA explica que “todas as multas estão relacionadas com cânticos homofóbicos entoados pelos adeptos, que violam o artigo 67 do código disciplinar“.

A cada uma das federações da Argentina, México, Peru e Uruguai foi imposta uma multa de 20.000 francos suíços [cerca de 18.270 euros], enquanto a do Chile foi condenada ao pagamento de 70.000 francos suíços [63.971 euros], por quatro casos.

O organismo que gere o futebol mundial fez ainda saber que está a ser analisada uma situação semelhante com adeptos hondurenhos.

A atitude da FIFA é um sinal de que a entidade optou, finalmente, por considerar os cânticos como “ofensas discriminatórias“. Durante o Mundial de 2014 no Brasil, organizações não-governamentais queixaram-se que a FIFA ignorou o problema, ao insistir que o tom dos gritos dos adeptos era “cultural” e não significava que eram homofóbicos. A entidade anunciou igualmente que passou a operar um “sistema de vigilância” nos jogos para detectar actos discriminatórios, nazis e racistas.

Que este seja um primeiro passo para erradicar a homofobia do futebol mundial!

Fontes: USA Today, Super Esportes e Lusa.

Advertisements