Marcha do Orgulho de Nova Iorque cancelada pela primeira vez em meio século

Um ano depois das grandes comemorações dos 50 anos do Pride terem enchido a cidade de Nova Iorque com milhões de pessoas, as ruas de Manhattan ficarão este ano mais calmas durante o último fim de semana de junho.

A Heritage of Pride, organização que administra a Marcha, fez o anúncio na semana passada após o mayor da cidade, Bill De Blasio, anunciar o cancelamento de licenças para todos os grandes eventos do mês de junho.

Isto provavelmente não irá surpreender“, disse De Blasio num briefing sobre o coronavírus antes de anunciar o cancelamento de várias Marchas que se costumam realizar durante o mês junho. O mayor prometeu que esses eventos continuariam num outro formato “quando for o momento certo“.

Este ano é o 50º aniversário da Marcha do Orgulho e é um evento muito, muito grande“, disse De Blasio. “Esta Marcha é uma parte importante da vida nesta cidade e este ano em particular seria um momento histórico.

A primeira Marcha do Orgulho, em junho de 1970, homenageou o aniversário da revolta de Stonewall no ano anterior, o que ajudou a desencadear o moderno movimento de direitos LGBTI nos Estados Unidos e no Mundo. A Marcha do Orgulho nova-iorquina do ano passado, no 50º aniversário da revolta, #Stonewall50, atraiu cerca de 5 milhões de pessoas.


A notícia do cancelamento do Pride de Nova Iorque esteve em destaque no Podcast Dar Voz A esQrever 🎙🏳️‍🌈, oiçam:


Em vez de uma Marcha do Orgulho presencial, este ano a organização irá juntar-se ao movimento internacional para realizar o evento virtual “Global Pride 2020” de 24 horas a 27 de junho.

Ron deHarte, co-presidente da Associação de Orgulho dos Estados Unidos e membro do comité organizador do InterPride, disse que “o plano é ter um programa de 24 horas que será uma celebração mundial do Orgulho“.

Ele atingirá o pico de fusos horários em todo o mundo e, em cada um desses fusos horários, as organizações regionais do Orgulho estarão diretamente envolvidas nessa componente de programação“, disse deHarte.


O cancelamento do Arraial Lisboa Pride 2020 e o surgimento do Global Pride 2020 estiveram em discussão no Podcast Dar Voz A esQrever 🎙🏳️‍🌈, oiçam:


Cathy Renna, representante da Heritage of Pride, sugeriu que os eventos deste ano possam parecer algo como as celebrações da véspera de Ano Novo, que se espalham pelos fusos horários do mundo.

Antes do anúncio da cidade de Nova Iorque, várias outras grandes cidades norte-americanas já tinham anunciado o cancelamento ou adiamento dos seus eventos de Orgulho: Los Angeles adiada, San Francisco cancelada e Seattle disse que se transformaria num evento “virtual”.


O Podcast Dar Voz A esQrever 🎙🏳️‍🌈 está disponível nas seguintes plataformas:

👉 Spotify 👉 Apple Podcasts 👉 Google Podcasts 👉 Pocket Casts 👉 Anchor 👉 SoundCloud 👉 RadioPublic 👉 Overcast 👉 Breaker 👉 Podcast Addict 👉 PodBean 👉 Castbox 👉 Deezer

Se não estivermos ainda disponíveis na vossa app favorita, podem subscrever via 👉 RSS.

A processar… ⏱
Sucesso! 🌈

3 comments

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s