Cinema Cultura Música Notícias Política

Braga: ‘Festival Política’ traz consciência ambiental para o centro do debate

O Festival Política regressa a Braga para uma programação de três dias com debates, cinema, performances, música, humor, uma visita guiada e workshop tendo o Ambiente como tema central.

Com as alterações climáticas no centro das reivindicações da população mais jovem e com os poderes públicos e económicos cada vez mais pressionados para mudarem as suas políticas em prol de um desenvolvimento mais sustentável, o festival dará especial atenção ao papel da cidadania como agente de transformação, sem ignorar o impacto que a pandemia da covid-19 está a ter em todo o mundo. Em 2020 o festival tem pela primeira vez a figura do país-foco, que será o Brasil, e que estará em destaque em vários momentos da programação.

O festival decorrerá entre os dias 15 e 17 de outubro e poderão assistir aos seguintes destaques:

16 de outubro – sexta-feira
21h30
Beatriz Gosta – humor

Beatriz Gosta a solo para nos falar sobre o estado do mundo: dos direitos humanos e do feminismo ao discriminações e preconceito. Há razões para optimismo? O espectáculo será acompanhado por uma intérprete de Língua Gestual Portuguesa.

17 de outubro – sábado
15h30

Educação menstrual e meio ambiente – workshop
Conversa sobre menstruação e o ciclo da mulher com a dra. Maria Liz Coelho, médica interna de ginecologia e obstetrícia no Hospital de Penafiel. Será também exemplificado como criar um penso sustentável.

Quantas mulheres conhece que não sabiam o que estava a acontecer quando assistiram à chegada da sua primeira menstruação, ou que passaram por uma situação constrangedora por causa disso? Nos dias de hoje, a menstruação ainda é tratada como um tabu. Desde muito cedo temos uma ideia negativa do que é a menstruação. Está na altura de mudar a negatividade do discurso Além disso, do ponto de vista ambiental, estima-se que a mulher faça uso de cerca de dez pensos descartáveis em cada ciclo menstrual, e de 10 mil a 15 mil entre a puberdade e a menopausa. Em muitos países não há reciclagem de pensos. Estes demoram até 100 anos para se decompor.

Organização: Coletivo Eufémia. Inscrição através do e-mail: coletivoeufemia@gmail.com. Com tradução para Língua Gestual Portuguesa, a pedido no momento da inscrição.

21h
Sessão de cinema Portugal, Brasil, Mundo. Inclui a curta-metragem “Negrum3”, de Diego Paulino, 20’ – Brasil
Este documentário propõe um mergulho na caminhada de jovens negros da cidade de São Paulo. Um ensaio sobre negritude, identidade sexual e aspirações espaciais dos filhos da diáspora. Este será um ponto de partida para questionar o tema da visibilidade da população LGBTI negra em Portugal.

22h30 
Venga Venga – concerto
Projeto de Denny Azevedo e Ricardo Don. No cenário cultural do Brasil são conhecidos como agitadores culturais envolvendo-se, dinamizado e organizando várias atividades que refletem as questões raciais e da discriminação. Residentes em Lisboa, rapidamente se envolveram com a nova cena musical da capital lisboeta onde têm uma residência mensal num dos clubs mais icónicos da cidade, o Musicbox. Em 2019 marcaram presença no MaMA Festival&Convention, em Paris, integrados na representação oficial de Portugal como Country Focus do Festival.

Todas as atividades, salvo indicação contrária, decorrem no Centro de Juventude de Braga (rua de Santa Margarida/Pousada da Juventude). Entrada gratuita. Todos os filmes estão legendados em português. Informação completa no site do Festival Política.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: