Notícias Trans

O Natal da Benedita: Espero que ajude outras pessoas que trilham algo semelhante a mim e lhes traga alguma luz na mesa deste Natal

A MEO lançou uma campanha festiva em que apresenta história de várias pessoas e do seu “primeiro Natal”, ou, pelo menos, do seu primeiro Natal com um novo nível de empoderamento e de união à mesa.

Entre várias pessoas, reunidas no anúncio onde “vão viver um Natal como nunca viveram“, encontra-se Benedita que, “desde tenra idade” percebeu a sua identidade trans. O que mais tinha vontade era ser para todas as pessoas o que já era de verdade: mulher.

Tornei-me vulnerável, e espero que esta vulnerabilidade mude mentes, mude vidas, mude pessoas. Acima de tudo, espero que ajude pessoas, que trilham algo semelhante a mim, que lhes possa trazer alguma luz na mesa este natal. Este minuto não é só meu, este minuto é nosso!contou.

A campanha, que pode ser vista na televisão e em cartazes espalhados por todo o país, coloca assim uma pessoa trans no centro das atenções do país em plenas festividades. Porque Benedita é mulher e este é o primeiro Natal em que toda a gente vai vê-la. Com Orgulho.

E quero afirmar, uma última coisa, nós MULHERES e HOMENS trans, estamos em TODO O LADO e muitas vezes vocês nem vão dar conta, porque num mundo ideal, nós somos só mais uma pessoa… 

Assim é o anúncio com destaque para a Benedita:


Ep. 113 – Rock the Vote (com Diogo Pereira): ESPECIAL LEGISLATIVAS Dar Voz a esQrever: Pluralidade, Diversidade e Inclusão LGBTI 🎙🏳️‍🌈

O centésimo décimo terceiro episódio do Podcast Dar Voz A esQrever 🎙️🏳️‍🌈 é apresentado por nós, Pedro Carreira e Nuno Gonçalves. Não só mas também! É que esta semana temos o nosso correspondente especial em Bruxelas, o grande Diogo Pereira! Tudo a propósito do texto que ele escreveu, avaliando com arco-íris (ou não) os programas eleitorais dos partidos políticos para as legislativas, consoante as menções a medidas concretas para pessoas LGBTI. Falamos do programa de cada um dos partido democráticos e ainda fazemos o rescaldo do Rescaldo LGBTI, um debate da ILGA Portugal com representantes de todos os partidos políticos que aceitaram o convite. Ainda temos tempo para Dar Voz A… o Diogo fala da série Causa Justa da RTP e nós falamos da vitória de um Globo de Ouro pela MJ Rodriguez de Pose, a primeira pessoa trans a conquistar o galardão e ainda da disponibilização da série Golden Girls na Disney+, pouco tempo depois do falecimento da querida Betty White. Para participarem e enviar perguntas que queiram ver respondidas no podcast contactem-nos via Twitter e Instagram (@esqrever) e para o e-mail geral@esqrever.com. E nudes já agora, prometemos responder a essas com prioridade máxima. Podem deixar-nos mensagens de voz utilizando o seguinte link, aproveitem para nos fazer questões, contar-nos experiências e histórias de embalar: https://anchor.fm/esqrever/message 🗣 – Até já unicórnios 🦄 Música de Madonna; Jingle por Hélder Baptista 🎧 Este Podcast faz parte do movimento #LGBTPodcasters 🏳️‍🌈
  1. Ep. 113 – Rock the Vote (com Diogo Pereira): ESPECIAL LEGISLATIVAS
  2. Ep. 112 – Bello Embustero: Pedro Choy, Terapias de Conversão e Pseudociência
  3. Ep. 111 – Thank You For Being a Friend 2: Adeus a Betty White e Até Sempre!

O Podcast Dar Voz A esQrever 🎙🏳️‍🌈 está disponível nas seguintes plataformas:
👉 Spotify 👉 Apple Podcasts 👉 Google Podcasts 👉 Pocket Casts 👉 Anchor 👉 RadioPublic 👉 Overcast 👉 Breaker 👉 Podcast Addict 👉 PodBean 👉 Castbox 👉 Deezer

2 comentários

  1. São tantos os problemas presentes à mesa de Natal, que pode soar paradoxo, frente a midia que mostra a família reunida, alegre! Muitas lágrimas derramei por não ter sido “normal” por 30 anos, plena juventude, devido a Fobia Social! Até uma das minhas cunhadas oportunizou ao meu irmão a vaga de primeiro emprego e a mim não. A época nossa mãe percebeu a “discriminação” da nora, com relação aos cunhados! Muitas vezes, a discriminação, dói mais do que as provações que se apresentam! O tempo passou e, o que sempre digo, a vida é a Verdadeira Escola: faleceu uma tia solteirona e, renunciei ao meu quinhão da herança por ela deixada, beneficiando irmãos e claro cunhadas! A minha cunhada, em questão, não desceu do “pedestal”, comentando que eu não procurava os irmãos!!!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: