Rui Veloso E O Movimento LGBT

Aquando da legalização do casamento entre pessoas do mesmo sexo em Portugal, Rui Veloso, ícone do rock português, mandou-nos casar e calar num sussurro descuidado. Autor de, sei lá, umas 500 canções – onde se incluem Ai Quem Me Dera A Mim Rolar Contigo Num Palheiro ou A Rapariguinha Do Shopping – pergunto-me se a rapariga era sempre a mesma ou se seria uma diferente a cada, sei lá, 5 dias. Há, pois, que manter a Fé e bandeira bem hasteada. Mas há também que tirar as conclusões sobre os princípios que parecem nortear este dito movimento, porque a mim, passados estes anos todos – e estando o Rui mais velho – não me parece que ele se tenha calado. E, sei lá, se calhar devia.

Advertisements