Saltar para o conteúdo
Anúncios

Futebol: Clubes da Premier League vestem-se de arcos-íris (para quando o mesmo em Portugal?)

Premier-League-Rainbow-Laces homofobia desporto futebol

No Reino Unido, os clubes de futebol da Premier League, incluindo o Manchester City, o Chelsea e o Arsenal, receberam mensagens homofóbicas quando mostraram apoio à campanha pelos direitos das pessoas LGBT, Rainbow Laces, da Stonewall nas redes sociais.

16 dos 20 clubes da Premier League – onde também se destacaram o Liverpool, Tottenham Hotspur e Leicester City – apoiaram a igualdade das pessoas e atletas LGBT no futebol ao publicarem fotografias e ícones de perfil com arcos-íris (acima) para marcar a campanha de Stonewall no Facebook nesta semana.

Clubes e comunidades são mais fortes quando todas as pessoas são bem-vindas e cabe a toda a gente tornar isso uma realidade. A Premier League junta-se orgulhosamente à Stonewall na promoção da igualdade e diversidade.

Apesar dos comentários negativos, a verdade é que os clubes receberam apoio igualmente notável por parte de fãs:

Não há lugar para a homofobia no futebol ou em qualquer outro lugar no desporto!”, disse uma pessoa adepta do Tottenham Hotspur, enquanto outra mostrava o seu orgulho pela ação do Chelsea: “Respeito total pela comunidade LGBT! Chelsea é o melhor! 🏳️‍🌈💙⚽.

Este é mais um belíssimo exemplo que se junta assim a outros bons exemplos, dos quais destacámos dois: um primeiro que aconteceu com uma equipa espanhola que num dos seus equipamentos apresentava a uma lista com a bandeira LGBTI e o particular entre as seleções da Irlanda e dos EUA, onde os números das camisolas eram com as cores da bandeira arco-íris.

E repetimos: se em Portugal, enquanto há discussões monumentais sobre futebol – e não necessariamente sobre desporto – vemos passar ao lado este tipo de ações e compromissos por parte das ligas e da esmagadora maioria dos clubes, especialmente na luta contra o bullying homofóbico que é ainda considerado normal existir em campo e nas bancadas. Há uma única exceção, o Grupo Desportivo Estoril Praia, pioneiro na defesa dos direitos de atletas e fãs LGBTI em Portugal. Mas é  absolutamente fulcral que outros clubes sigam este exemplo.

Seria bom que – para além da Associação Portuguesa de Futebol – os principais clubes portugueses, nomeadamente Benfica, Braga, Porto e Sporting, pudessem desenvolver campanhas semelhantes a esta, não só contra a homofobia, mas também contra o racismo e a xenofobia ou ainda do apoio a causas como a luta contra o cancro ou mesmo de apoio a pessoas refugiadas.

O desporto precisa afirmar-se também neste plano em Portugal, as pessoas LGBTI precisam sentir-se verdadeiramente bem-vindas no desporto que praticam e amam, porque efetivamente, só temos – pessoas, clubes e ligas – a ganhar com isso!

Fonte: PinkNews.

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: