Hiroshima, Meu Amor

São duas e trinta sete da manhã, encontro-me no sexto andar de um prédio de council em East Finchley, no norte de Londres. À minha esquerda, o meu namorado dorme um […]

Texto: De Profundis.

O coração palpita a galope, a minha boca seca, a garganta aperta. “Responde-me! És ou não és?” Gritou a minha mãe pelo Skype. “Sou…“ O tempo parou, ela parou, eu […]

Gisberta

“Perdi-me do nome, Hoje podes chamar-me de tua, Dancei em palácios, Hoje danço na rua. Vesti-me de sonhos, Hoje visto as bermas da estrada, De que serve voltar Quando se […]

In Memoriam: David Bowie

“David has died“, as palavras da mensagem do meu namorado que me acordou na passada Segunda-Feira encheram os meus olhos de lágrimas e fizera-me acordar para uma manhã fria inglesa. […]